Todas as pessoas deste mundo carregam consigo dores e traumas de acontecimentos prévios em suas vidas. Elas são fruto de oportunidades de crescimento que uma força maior coloca em nossos caminhos para que possamos aprender e nos tornarmos melhores em nossa evolução espiritual. Nada é por acaso e tudo que aparece em seu caminho é do seu merecimento, sejam coisas agradáveis ou desagradáveis. Pode-se dizer que aprendemos ou pelo amor ou pela dor. E, se não tirarmos o melhor proveito das situações e o que elas têm a nos ensinar, haverá uma repetição de padrões e, de repente, você se verá vivendo experiências semelhantes, até o dia em que se chegar ao real aprendizado que você precisava.

Rejeição, injustiça, abandono, traição e humilhação são alguns dos sentimentos que devem ser tratados para que não impeçam a sua vida de fluir. Sentimentos estes que podem ter origem em outras vidas – caso você acredite em reencarnação -, ocorrem ao longo da vida ou ao longo das gerações da sua família, ou podem ser somatizadas – transformarem-se em doenças físicas. A importância de um tratamento profundo às dores emocionais está diretamente relacionada à forma com a qual você deseja viver sua vida no futuro. 

Se a cura profunda não acontecer, o universo, eventualmente, vai te colocar em situações que façam com que você olhe para a ferida até que esta seja curada. Não é um processo fácil, mas é necessário. Tem a ver com o seu crescimento espiritual, com sua missão de vida. Quanto mais trabalhar as dificuldades da vida, transformando-as em aprendizado, mais você abre seus caminhos para viver novas experiências alinhadas com as bênçãos que quer receber em sua vida.

Mas como tratar os traumas e as dores do passado? Não existe fórmula pronta, varia de pessoa para pessoa, mas algo que ajuda é sentir a dor ao invés de tentar fugir dela. Costuma-se querer estar feliz o tempo todo, mas é necessário se permitir viver todos os outros sentimentos também. Permita-se sentir o que estiver no seu peito nos momentos bons e ruins, assim fica mais fácil superar os obstáculos da vida. Está tudo bem em não se sentir bem. Não se culpe pelos seus sentimentos, afinal você não tem controle sobre eles. Apenas aceite, assim, você se entenderá melhor.

Medite. O silêncio ensina muitas coisas que só podem ser “ouvidas” quando no estado meditativo. Tranquilize sua mente e logo terá mais consciência sobre os processos da vida. Procure pela técnica que mais combina com você e treine todos os dias, que logo verá os benefícios. Esteja no presente e evite pensar no que te afligiu no passado ou nos receios que tem quanto ao futuro, pois você não pode controlar nem um nem o outro.

Mas se a dor for muito profunda e te acompanhar por anos, não desanime, pois tudo pode ser curado. Não se esqueça que procurar por terapias nos moldes formais ou alternativos, sempre com profissionais sérios, podem ajudar. O importante é que as dores diminuam, você se conheça mais, sinta-se mais vivo(a) e consiga abrir seus caminhos para viver novas experiências e, quem sabe, a vida que sempre sonhou.

[A FÓRMULA DO SUCESSO] Baixe a exata fórmula utilizada pelas pessoas de sucesso