Turbine seu desempenho sexual com Pompoarismo

O Pompoarismo é um conjunto de técnicas de exercícios que trabalham a musculatura vaginal e consistem na contração e relaxamento dos músculos que circundam a vagina, também conhecidos como MAP, e são excelentes turbinar a libido feminina. Mas esses exercícios não ajudam somente a aumentar o desejo sexual. Também auxilia prevenir a incontinência urinária além de preparar o canal do parto em gestantes.

Para praticar o Pompoarismo de forma segura, é aconselhável que a mulher consulte um especialista para saber qual seu tipo de musculatura e quais os treinos recomendáveis para o seu caso. No entanto, a técnica possui exercícios mais simples que podem ser realizados por qualquer mulher. Mas, atenção! Esse tipo de treino deve ser realizado na ordem correta para evitar problemas como tensões ou fadiga musculares.

Aprenda abaixo como fazer alguns dos exercícios.

O Passo a passo do Pompoarismo:

  • Autoconhecimento

Antes de começar a praticar os exercícios, procure conhecer seu corpo.  Para isso, explore a região genital usando um espelhinho. Comece massageando a vagina suavemente e vá ganhando intimidade com o órgão. Aqui, não há um roteiro específico a ser seguido. Simplesmente, deixe-se guiar pelas sensações que o toque for lhe causando.

O objetivo aqui é que você se sinta à vontade com o próprio corpo e tenha o máximo de domínio possível sobre a região genital. Quando sentir que perdeu um pouco a inibição, passe a contrair e a relaxar a vagina, observando os movimentos no espelho.

  • Relaxamento dos músculos vaginais

Para começar, esvazie bem a sua bexiga, eliminando toda a urina.  Depois contraia levemente os músculos da vagina como se estivesse segurando o xixi e agora relaxe como se estivesse soltando a urina. Repita isso 10 vezes. Faça duas séries com um intervalo de 20 segundos entre elas.

  • Fortalecendo a musculatura vaginal

Agora você irá fazer o oposto do que fez antes. Faça de conta que está eliminando uma pequena porção de urina e, em seguida, interrompa esse movimento contraindo fortemente a vagina. Repita o exercício 25 vezes em quatro séries, fazendo intervalos entre elas.

  • Contração dos músculos

Contrair os músculos vaginais e sustente essa contração até não suportar mais. Para ter um controle maior, é preciso cronometrar o tempo consegue sustentar essa contração para tentar superar esse tempo nos próximos exercícios.

Apesar de ser um dos mais trabalhosos, esse exercício e um dos que mais rendem bons resultados. Então, tente realizá-lo com o máximo de empenho possível.

  • Exercitando o coordenação motora

Esse exercício tem um nível de dificuldade maior que os anteriores, pois será necessário haver uma sincronização entre o trabalho de respiração e o de contração

Então inspire profundamente e solte o ar junto com o mesmo ritmo das contrações.  Ao inspirar novamente, relaxe também a MAP. Faça esses movimentos sempre que puder. Lembre-se de que, quanto mais o exercício for executado, maiores as suas chances de obter sucesso.

Exercícios posturais

Esses exercícios podem ser executados com ou sem acessórios. O bom é realizar quatro tipos diferentes de exercício todos os dias durante meia hora. Então valos lá aprender a como fazer isso.

Em pé: encaixe o quadril, separe os pés e coloque as mãos na cintura. Faça a contração rápida do canal vaginal e
mova o quadril para trás e para frente. Relaxe. Repita 15 vezes.

Na cadeira: sente-se, apoie as mãos nas coxas e deixe os pés paralelos e separados. Contraia a vagina, conte até dez e relaxe. Agora, contraia lentamente, sugando o canal. Repita dez vezes.

Agachada: contraia o canal vaginal sugando aos poucos e, então, relaxe rapidamente, como se quisesse eliminar o xixi. Repita de 15 a 20 vezes.

Deitada: deite de costas para o chão, coloque os braços paralelos ao corpo e flexione os joelhos. Eleve o quadril e contraia o canal. Permaneça assim e conte até dez. Desça e relaxe. Repita dez vezes.

Ajoelhada: fique de quatro, mantenha a coluna reta e comprima o canal. Segure a contração, curve as costas e relaxe. Repita de dez a 15 vezes.

Com almofada: deite de barriga para cima, eleve as pernas e flexione os joelhos, deixando a perna paralela ao chão. Com a almofada entre as coxas, contraia a vagina, conte até 20, e relaxe. Repita dez vezes.

Pompoarismo na cama

Essa é a melhor etapa do exercício. Se você já está craque no exercício solo, hora de levá-lo para cama para praticar com seu parceiro. Então vamos lá aprender.

Torcer: de quatro, quando o parceiro fizer a penetração, contraia com força. Leve o quadril para direita, torcendo o pênis. Relaxe. Agora tente elevá-lo novamente, só que para a esquerda.

 Sugar: com ele deitado de lado, encaixe-se sobre o pênis,  de  forma que você e ele formem a letra ”T” e enlace-o com as pernas. Faça a contração lenta e elevatória, sugando o membro.

 Massagear: posicione-se em cima do moço para que a penetração seja total. Realize a contração lentamente e, em seguida,
relaxe todo o canal. Repita quantas vezes quiser. Vocês devem ficar parados, deixando apenas os músculos vaginais trabalharem.

 Estrangular: quando o seu eleito estiver quase ejaculando, contraia o canal vaginal de forma bem rápida e forte, ”segurando” o pênis pelo tempo que conseguir. Assim, o orgasmo se prolongará por mais tempo.

 Expulsar: vocês dois já chegaram ao orgasmo? Experimente abrir todo o canal com força para  “expulsar” o pênis.

 Prender: ”aperte” o músculo com força para ”prender” o pênis dentro de você.

Brinquedinhos para serem usados no Pompoarismo

Bolas tailandesas: por serem levinhas, são ótimas para as iniciantes e fortalecem rapidamente a região vaginal. Tenha em mente que a força empregada no exercício com esse acessório deve respeitar a sua capacidade de contração.

Colar tailandês: com cinco bolinhas, privilegia a coordenação para os exercícios. Ao introduzi-lo na vagina, o canal vaginal se contrai naturamente. Use-o dez minutos por dia.

Bolas Ben-Wa: tem duas ou quatro bolinhas e facilita o movimento de sugar e expulsar o pênis. Recomendado para as mais experientes.

Gostou do texto? Então deixe um comentário e nos siga no facebook.

One Response

  1. Edelvira Conceição da SILVA 13 de março de 2017

O que achou do artigo?