Segredos da Lei da Atração para seus filhos

A sociedade em geral vem passando por períodos conturbados em relação ao comportamento em geral do ser humano. Conseguir educar os nossos filhos tem sido cada vez mais um maior desafio, principalmente devido às influências externas relacionadas ao estilo de vida das famílias que são retratados pelos meios de comunicação.

Os pais têm ficado cada vez mais inseguros e isso é muito justificado, pois o mundo também mudou. A criança já cresce com a lei dos desejos e os pais procuram compensar sua ausência e culpas gerais proporcionando presentes para tudo que elas desejam.

As famílias frequentemente enfrentam diversos desafios em um ritmo cada vez mais acelerado, onde o tempo é cada vez mais escasso e os compromissos ocupam cada vez mais o nosso tempo.

Ao longo de minha vida, tenho acompanhado a grande dificuldade de muitos pais em relação a forma como educam os seus filhos. A sociedade está perdendo os valores essenciais e estão sendo substituídos pela liberdade equivocada do ter em relação ao ser.

Por diversas vezes, os pais ficam submissos à vontade dos seus filhos. Um outro fator que também está desencadeando grandes prejuízos na formação dos filhos é o fato das mães também estarem indo ao mercado de trabalho e deixando os seus filhos aos cuidados de outras pessoas.

Diante de tantas dificuldades, educar é realmente, uma das mais difíceis tarefas de todas, pois não há curso para preparar de forma eficaz que possa dar aos pais a segurança e a garantia de que estão agindo da forma correta.

Em contrapartida, deve-se levar em consideração alguns outros quesitos, ou seja, a forma como foram criados e aproveitar o que foi bom em sua própria formação para conseguir transmitir valores para seus filhos. Parece uma tarefa simples, mas infelizmente não é.

Sobre essa abordagem existem diversos estudos de especialistas que afirmam que a solução para o melhor comportamento do ser humano é a própria família, pois é nela que estão os alicerces para a formação, levados como base o amor e o respeito. É aí que a participação da família é de extrema importância.

Muitas opiniões dividem-se entre alguns discursos desencontrados sobre como realmente educar os filhos. Muitos acreditam que os próprios pais deveriam ser mais severos e punir os seus filhos com castigos, outros são mais suaves e escolhem pela liberdade da criança, utilizando métodos que por alguns momentos julgam corretos.

Certamente, cada família prescreve a sua própria maneira para os seus filhos, porém deve-se sempre levar em consideração certas situações que podem contribuir para a educação.

Alguns princípios básicos devem ser analisados principalmente dentre os primeiros sete anos de vida, pois é nesse período que forma-se a personalidade da criança. A partir desse ponto, existem alguns pontos chaves que podem servir como uma orientação.

A criança deve ser sempre tratada de acordo com a sua idade. Não queira fazer com que o seu filho pequeno tenha atitudes de pessoas adultas.

pais e filhos sorrindo

A criança precisa se sentir amada e respeitada pelos pais.

Deixo aqui uma lista dos 05 princípios básicos que você deve levar no desenvolvimento do seu filho e passar tais valores para a sua criação:

  1. Seja grato:

Todas as pessoas que possuem o dom da gratidão são capazes de valorizar as coisas boas que possuem, focando nas partes positivas de suas vidas, ao invés das negativas.

Caso você seja capaz de sentir-se grato até pelas menores das coisas de sua vida que te fazem feliz, você terá o dom de atrair mais do mesmo para você.

O dom da gratidão gera pensamentos positivos, que contribuem para a manifestação das coisas de forma cada vez melhor. Ensine seus filhos a serem gratos:

  • Lembre eles de dizerem “Obrigado”, não importando quão pequeno seja o presente ou favor;
  • Procure dar o bom exemplo, mostrando a sua própria gratidão todos os dias:
  • Mostre o valor do tempo e agradeça pelos bons momentos que você podem passar juntos.

2. Saiba o que você deseja:

Compreender o que você deseja envolve cultivar o autoconhecimento através de um inventário pessoal honesto, além de abandonar o que as pessoas esperam de você. A partir do momento que você sabe exatamente o que você quer, pode procurar se concentrar todas as suas energias em atrair essas coisas.

Procure ensinar os seus filhos a conectarem-se com o seu verdadeiro eu:

  • Explique como a propaganda tenta manipular os seus pensamentos;
  • Incentive eles a realizarem listas ou colagens com imagens dos seus próprios sonhos;
  • Afirme para eles que eles próprios são os idealizadores dos seus desejos e necessidades.

3. Tudo é possível:

Acreditar que tudo é possível de ser realizado não significa simplesmente pensar que pode facilmente conquistar o que quiser sem esforço, mas envolve crer que seu potencial é ilimitado. Caso você seja capaz de compreender essa fundamental crença, é fácil silenciar a voz contrária do seu interior que manipula a sua confiança e acaba influenciando os seus pensamentos negativos.

Passe essa possibilidade para os seus filhos:

  • Conte para eles histórias inspiradoras (sobre você mesmo, alguns parentes ou pessoas famosas);
  • Ajude-os a fazer planos e, principalmente, como eles podem conseguir atingir os seus próprios objetivos;
  • Deixe claro que você acredita na capacidade deles.

4. Saia do conforto:

A partir do momento que você sai da sua zona de conforto, você pode até sentir uma breve sensação de ansiedade associada a se aventurar por caminhos desconhecidos que você não está acostumado. Porém, conseguir alcançar o seu pleno potencial e concretização dos seus sonhos envolve enfrentar tais desafios e se recusar com a obviedade.

Desencoraje os seus filhos a permanecerem na zona de conforto:

  • Mostre as oportunidades que eles podem conseguir aprendendo novos hobbies, por exemplo;
  • Demonstre a sua própria vontade de sair da sua zona de conforto;
  • Explique que muitas coisas acontecem quando abusamos da nossa coragem.

5. Mentalize seus sonhos e objetivos:

A busca pela visualização criativa é um exercício onde é possível em que, aqueles que utilizam da Lei da Atração, imaginam os seus sonhos sendo realizados. Conseguir “ver” as coisas positivas por este ponto de vista, ajuda a acreditar que você realmente cultiva a vida que deseja viver, enchendo os seus desejos com muito mais desse mesmo poder.

Ajude os seus filhos a desenvolver o exercício da visualização todos os dias:

  • Procure ajudá-los em seus sonhos utilizando brincadeiras criativas;
  • Leve-os em uma viagem criativa em relação à um desejo que eles possuem;
  • Incentive-os a desenharem ou pintarem os seus sonhos e objetivos.

Para uma boa criação dos nossos filhos não existe manual, mas com algumas poucas técnicas da Lei da Atração é possível ajudá-los a concentrar-se nos devidos valores espirituais que aprendemos ao exercitarmos a Lei da Atração em nossa própria experiência de vida.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?