O melhor tombo é quando você cai em si

Quando alguém nos decepciona, maltrata, humilha sofremos uma grande queda. Sentimos que tem uma ferida aberta, que nada no mundo vai conseguir fechar. Mas quer saber um segredo? Pode demorar, mas passa!

Faça cada coisa no seu tempo

Deixe que as feridas cicatrizem sozinhas, cada uma no seu tempo, conforme a necessidade do seu corpo e da sua mente. Se der vontade de chorar, chora! Tira a dor do peito, lave a alma, deixa doer até não aguentar mais, mas não deixe que doa para sempre. Dali um tempo, levanta de cabeça erguida, deixa a vida te mostrar como é bonita, dá paz pro seu coração. Tudo no seu devido lugar? Pé na estrada. Segue rumo à felicidade!

Não desista nunca

Às vezes, você pensa que não vai conseguir, fica sem fôlego, não consegue respirar. Pare um pouco, tome impulso, conquiste o seu lugar. Se for necessário, mude a rota, trace um novo caminho, coma aquele chocolate que você ama, faça o que gosta. Mas não desista! Fique firme, corra na direção do seu objetivo, vença tudo que precisar, sem dó nem piedade.

Deixe o passado para trás

Não existe nada melhor no mundo do que a sensação de se reerguer, olhar para frente com brilho nos olhos, e deixar aquele sorriso que, volta e meia insiste em aparecer para não dar lugar a tristeza invadir a sua boca. Reconhecer que você merece muito mais é o primeiro passo para seguir em frente, sem olhar para trás. Se não foi do jeito que você queria, vai ser ainda melhor. Muito mais bonito do que espera ou pode imaginar. O melhor do tombo é quando você cai em si!

Saiba que tombos são necessários

E se alguém te derrubar outra vez, ou se sem querer você tropeçar por aí. Fica tranquilo! Saiba que são as quedas que nos fazem ser melhores, ir além dos nossos limites, nos tornamos mais fortes e determinados. É em cada tombo que você consegue olhar de frente os seus erros e perceber que tudo o que te derruba hoje, está deixando você mais forte para o dia de amanhã. De um jeito que você, com certeza, jamais imaginou.

Reclamamos das peças que a vida nos prega, estamos sempre exaustos das tristezas que insistem em bater a nossa porta. A verdade, é que se tudo fosse alegria e todo dia se tornasse uma festa, se muitas vezes os dias cinzentos não tomassem conta da nossa rotina, continuaríamos imaturos, estagnados, sem expectativas de crescimento, nem sonhos.

No agito das tempestades, entre tantos pensamentos de impotência, é onde acontecem as grandes transformações no nosso jeito de ver as coisas, no nosso modo de enfrentar as coisas. Quantas vezes você já não agradeceu por tudo que passou? Continue acreditando naquela teoria de que no final tudo dá certo e se ainda não deu, é porque não chegou o fim.

Você já levantou de um tombo e percebeu que tudo o que sofreu não valeu a pena? Compartilhe sua história com a gente nos comentários!

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?