Espiritismo – Mito ou Verdade?

Depois da morte, o que existe? Muitas religiões acreditam que ao morrermos, deixamos de existir simplesmente mas segundo o Espiritismo, nossas almas continuam vivas e se evoluindo, até chegar um dia a serem espíritos superiores. O Espiritismo não é designada como religião mas sua crença pertence a inúmeras religiões e é uma ideia antiga, que segue a humanidade a séculos.

Mas o que chama tanto atenção no Espiritismo? O que as pessoas estão em busca, quando procuram centros espíritas? Existe realmente a conexão com espíritos? É possível reviver? Muitas são as questões e esse artigo irá revelar o que é mito e o que é verdade sobre o Espiritismo.

Afinal, o que é espiritismo?

Também conhecida como Doutrina Espírita, o Espiritismo é uma filosofia mediúnica que consiste em crer que depois da morte do corpo, a alma continua viva, se evoluindo através da reencarnação. O Espiritismo é uma filosofia antiga, datada de antes dos egípcios e principalmente uma crença deles.

Esses povos, tinham por costume embalsamar o corpo dos mortos, principalmente reis e faraós, colocando seus bens em suas criptas, pois acreditavam que estes poderiam ressuscitar e depois usar os bens novamente. O Espiritismo ficou amplamente conhecido por Allan Kardec, um professor francês que estudou a fundo o assunto e se tornou um dos principais propagadores dessa crença no mundo.

Kardec escreveu alguns livros sobre o assunto, sendo 2 os mais famosos e considerados, como uma Bíblia, os livros mais influentes do Espiritismo: O Livro dos Espíritos e o Evangelho Segundo o Espiritismo. O livro dos Médiuns também é um livro de Kardec e de grande importância entre os maiores médiuns da atualidade.

Allan Kardec

Hippolyte Léon Denizard Rivail é o verdadeiro nome de Allan Kardec, sendo Kardec um pseudônimo que o mesmo escolheu, baseado em um espírito. Kardec viveu durante a maior parte do século 19 e se tornou o pai do espiritismo no mundo, numa época que a ideia de se comunicar com o além era algo totalmente inconcebível e uma heresia segundo algumas religiões, em especial o cristianismo.

A religião Cristã, sempre foi uma grande opositora das ideias de Allan Kardec e da religião espírita. Segundo o Cristianismo, existe grandes diferenças entre as duas ideologias:

  •         Para os cristãos, o corpo morre e a alma realmente continua viva, porém ela vai para o céu ou para o inferno, não tendo possibilidade de retornar em forma de outro corpo e nem tendo a chance de evoluir;
  •         Para os cristãos, Jesus Cristo é o filho de Deus e veio ao mundo em forma de homem, com o intuito de salvar a humanidade;
  •         Os cristãos não creem na reencarnação da alma.

Esses 3 pontos, mostram o quanto difere o posicionamento das duas religiões, sendo que além desses, os cristãos também não reconhecem a doutrina espírita como cristã, sendo que esta se baseia através da Bíblia para afirmar muitas de suas teses e acusa espíritas de se unirem com diversas outras denominações como umbanda e candomblé, hare krishna e budismo.

Por conta desses pontos, Allan Kardec se viu em grandes dificuldades em divulgar com liberdade a doutrina espírita, porém não desistiu e continuou escrevendo livros e ensinando a importância do espiritismo para a humanidade.

Mitos sobre o Espiritismo

Muitas são as questões que envolvem o mundo dos espíritos e para respondermos com exatidão, é notório que teremos que passar para o outro lado. Porém segundo o espiritismo, é possível mantermos contato com o desconhecido para nós, apenas nos conectando com parentes e amigos que já se foram, e podem nos dizer como foi a passagem deles e inclusive, se estão ou não em condições evolutivas para voltar em forma humana.

Mas quais os mitos mais conhecidos sobre o espiritismo? Separamos 3 dos mais conhecidos:

Espíritos entram nos corpos dos médiuns

O filme “Ghost- Do outro lado da Vida”, foi apaixonante ao mostrar o amor impossível de um homem assassinado, que agora não podia mais viver sua união com sua companheira. No filme, vemos claramente quando a alma dele incorpora o corpo de uma médium, dando a ela a sua forma e assim ele podendo ter uma conexão mais próxima e quase íntima com sua antiga parceira.

Apesar disso acontecer no filme, não é dessa forma que os espíritos dominam o corpo de um médium para se comunicar. Na verdade o que acontece nas reuniões espíritas, é uma incorporação psíquica, ou seja, o médium sente a presença do espírito da pessoa e este entra em sintonia com o médium, que começa a sentir as mesmas sensações e pensamentos do espírito.

A psicografia por exemplo, é uma forma de incorporação em que a alma descreve para o médium o que ele quer comunicar.

Os Espíritos tem um limite de tempo entre uma reencarnação e outra

É muito comum ver pessoas dizerem que sentem que viveram 100, 200 anos antes e a ideia que passa é que todos os espíritos só reencarnam muitos anos depois da morte anterior.

Isso é um mito, pois existem casos que a pessoa morreu e já se transferiu quase que ao mesmo tempo para outro ser, assim como muitos só evoluíram para a reencarnação 10, 20 anos depois…ou 100. Não é possível se calcular esse tempo.

Os Espíritos só reencarnam um número x de vezes

Outro mito, pois não existe limites para que uma alma reencarne. Quanto mais evoluída, mais vezes é possível que ela reencarne mas isso não é uma regra. Jesus Cristo por exemplo, foi um ser altamente evoluído, porém até o momento não sabemos se houve qualquer outra evolução de sua alma em outro corpo. Isso é muito relativo e bastante difícil de afirmar que existe limite, onde tudo é infinito.

As verdades sobre os espíritos

O Espiritismo crê na Bíblia

O Espiritismo não é uma religião mas uma filosofia espiritual e religiosa, que é a ideia central de inúmeras denominações religiosas. Se auto proclama cristã por crer nos ensinamentos Bíblicos, em especial nas doutrinas de Jesus Cristo. Além disso, a Bíblia dá a base para 3 focos principais que regem o Espiritismo: Deus, o Homem e as profecias e seu cumprimento.

Qualquer pessoa pode se comunicar com um espírito, não somente os Médiuns

Chamados de Sensitivos, as pessoas que possuem uma sensibilidade aumentada quanto a comunicação com espíritos, nem sempre são médiuns, ou seja, muitos são pessoas comuns que podem perceber um espírito e se conectar com ele.

Nas reuniões espíritas, tudo é simples e sem rituais ou cultos obscuros

Muitos acreditam que nas reuniões espíritas, existe esoterismo, imagens e artifícios espirituais que visam causar situações desconfortáveis. Na verdade nessas reuniões, existem momentos de reflexão, palestras e de conexão com os mortos, porém nada leva ao ocultismo o coisa parecida.

É importante frisar ao concluir este artigo, que o espiritismo não é uma possível religião que ensina e trata de coisas ocultas e macabras, que evidenciam o mau e o diabo, mas sim uma religião de amor que busca a conexão entre esta vida e a outra vida em harmonia, amor e paz.

Curta e compartilhe nossos artigos e não esqueça de deixar sua opinião nos comentários, isso é muito importante para nós!

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

3 Comments

  1. Edson Soares das Mercês 9 de setembro de 2017
  2. Solange Santos 10 de setembro de 2017
  3. Rolwer Roney 13 de setembro de 2017

O que achou do artigo?