Não perca tempo, viva bem a vida!

A vida é pra ser vivida, já dizia o dito popular. Mas o que parece ser algo redundante tem um fundamento preciso: as vezes deixamos de lado nossa felicidade, nossas alegrias e sonhos para viver uma vida mais ou menos, medíocre e que está longe daquilo que idealizamos lá atrás.

Mas o que nos faz levar a vida no modo automático? Por que as vezes perdemos tanto tempo com besteiras, quando temos tudo para sermos felizes e obter o melhor de cada dia? Se sua vida está daquele jeito que você nunca esperou, esse artigo é pra você.

Modo automático de sobrevivência

Acordar, ir trabalhar, pegar um trânsito difícil, voltar do trabalho, ir dormir, acordar…eis uma trajetória diária que pode ser que não consigamos fugir por conta da necessidade, mas que pode se tornar em algo muito mais do que rotineiro, em algo cansativo.

Viver todos os dias as mesmas coisas não tem como se tornar em algo novo. O problema da rotina é quando nossos hábitos deixam de ser algo saudável e satisfatório e viram apenas obrigações que precisamos cumprir para sobreviver.

Durma mais cedo e tenha um sono melhor, acorde cedo mas ao invés do mesmo cereal, por que não tomar o café na padaria da esquina? Chegue no trabalho com um ânimo diferente e encare o trânsito como um momento para relaxar e ouvir suas músicas…o mesmo todo dia pode se tornar em uma rotina mais agradável se você mudar suas atitudes.

Não perca tempo com o que não vale a pena

Esquentar a cabeça com brigas e discussões que não vão mudar sua vida para melhor é uma tremenda perda de tempo. Invista seu tempo e suas energias em conversas amistosas, em pessoas que tem algo para te ensinar e que te elevem a um patamar novo todos os dias.

Ainda que seja preciso encarar pessoas desagradáveis e amargas, não deixe que elas acabem com seu dia mas mude o delas, sorria e impacte suas vidas com seu alto astral. Não permita que seu tempo de vida seja desperdiçado com coisas que não trazem coisas boas pra você.

Melhor viver 10 anos a 1000 que 1000 anos a 10

Quando o cantor de rock brasileiro Lobão disse essa frase, vivia um momento bom em sua vida, onde o rock nacional estava no auge e ele colecionava elogios e prêmios. Mas Lobão mostra que ele sabia que a vida não é só de auges, de momentos célebres de sucesso, pois uma hora ou outra tudo pode mudar…o tempo é implacável e as gerações que vem nem sempre irão ter o mesmo gosto musical da que passou.

Mas a frase diz muito mais sobre nossa vida ser vivida em intensidade. Imagine que você saiba que viverá apenas 10 anos, mas coloca toda sua energia em viver cada dia, cada segundo com um ânimo de como se ela não fosse acabar nunca! Como se o fim nunca chegasse.

Se nos fosse dado a oportunidade de viver 1000 anos, você preferiria viver com mediocridade? Como algo sem graça e de qualquer maneira? Então por que as vezes no nosso dia a dia levamos a vida assim? Por que sabemos que nossa vida é tão breve, mas mesmo assim insistimos em viver algo tão inferior ao que somos? Pense nisso!

A vida é breve meu amigo

Hoje você está aqui trabalhando, estudando, correndo pra cima e pra baixo e sobrevivendo apenas…amanhã porém, pode ter uma síncope e simplesmente não ver o dia surgir e todos os planos traçados virarem um monte de coisas não vividas.

Se você achou isso pesado, olhe-se no espelho e veja que a cada dia você envelhece um pouco mais, a cada dia o tempo passa e daqui a pouco os 10, 20 anos que você esperava a frente já se passaram, viraram história, e você mudou nesse percurso.

A vida é breve, ela acaba hoje, amanhã ou daqui a 50 anos mas um dia terá um fim, por isso o ato de viver não pode ser uma mera existência, precisa ser um viver pleno e feliz.

Não leve a vida tão a sério

Bob Marley disse: “Para que levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos?” Viva! Respire fundo e vá para seus sonhos! Escale as montanhas mais difíceis que aparecerem em sua frente, aceite os desafios da vida, encare os monstros e dê muita risada, ria dos problemas da vida!

Viver a vida muito a sério é deixar de viver, é levar as regras e leis a um patamar que acaba tirando toda a liberdade e graça das demais coisas. É um fanatismo que subtrai o aroma das pequenas flores, enquanto as grandes já perderam a graça. Relaxe e não permita se tornar um adulto chato, daqueles que quando você era criança detestava, mas sim alguém que sabe a hora certa de extravasar.

Mude, a decisão é sua!

As mudanças podem ser assustadoras à primeira vista. Mudar de casa, trocar de carro, terminar um relacionamento, acabar uma faculdade…todos esses acontecimentos que fecham ciclos importantes em nossas vidas, são mudanças que podem ser incríveis para nos levantar e levar para uma nova vida ou algo que será uma péssima experiência…mas quem decide isso é você!

É você que escreve se mudar de casa será melhor para ficar próximo ao trabalho; é você que decide se a troca de carro é necessária agora; é você que decide como vai encarar a realidade de estar solteiro de novo; é você que decide se a faculdade valeu a pena para aproveitar as oportunidades profissionais a frente.

Tudo é sobre você e a decisão é sua! As mudanças são inevitáveis, elas acontecem o tempo todo e cabe a gente definir como vamos recebe-las em nossas vidas. Escolha que elas serão bem vindas e que vão moldar um novo você para o melhor que essa curta mas incrível vida, tem pra você no futuro.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, clicando aqui você responde um rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?