Mindfulness – A evolução da meditação

Muito mais do que apenas estar concentrado em si mesmo, a Mindfulness ou simplesmente atenção plena, é uma técnica que foca no seu entorno, e compreende com mais leveza o que acontece ao nosso redor.

Muito além do que a meditação prega, a Mindfulness não é um novo tipo de meditação, mas uma junção do interior com o exterior, que busca unir e vislumbrar o nosso melhor, a partir do nosso trabalho na mente. Mas como funciona o Mindfulness? Qual a ideia original e por que ele é o mais novo conceito de meditação e busca da paz.

Afinal, o que é Mindfulness?

Baseada na meditação budista, o Mindfulness ou Atenção plena, é um estado mental em que nos concentramos em nosso corpo, em nossas lembranças e ao nosso redor de forma real, levando em conta cada movimento e sensação.

Nesse tipo de meditação que se difere da meditação comum, onde entra em um estado de quase transe ou pleno silêncio, o Mindfulness tem a intenção de nos fazer prestar mais atenção a nós e ao redor, de forma dinâmica e buscando a paz interior de olhos bem abertos.

Por exemplo, ao comer uma fruta e segundo o Mindfulness, você deve sentir o sabor, o aroma e a textura conforme mastiga, se deliciando com esse momento. Ao beber água, ao respirar, sentindo o ar entrando nos pulmões, ao andar, vendo como suas pernas se firmam a cada passo…cada movimento de nosso corpo diante do mundo que nos rodeia, deve ser mais do que analisado por nós, deve ser sentido.

Mindfulness é o ato de viver, de sentir cada coisa que colocamos na boca, cada sorriso que damos, cada sensação nova ou mesmo corriqueira…o importante é sentir e transformar o momento em algo único e de tranquilidade e paz.

As 3 ações meditativas do Mindfulness

A meditação é uma prática muito difundida no oriente, mas que tem ganhado cada dia mais adeptos. Meditar é muito mais do que apenas fechar os olhos e ficar em silêncio, em posição de lótus. A meditação é a melhor forma de nos interiorizarmos e conhecermos nosso verdadeiro eu, levando nossa razão e emoções a um nível quase espiritual de contato com nós mesmos.

A Mindfulness visa fazer com que encontremos essa paz interior, nos focando em nossas atividades e em todos os momentos de nossas vidas de forma positiva, otimista e tranquila, numa espécie de meditação de olhos abertos, onde focamos em nós e no mundo mas sem o olhar de negatividade e julgamentos.

Esse estilo meditativo tem 3 parâmetros chamados de seções:

  •         Esforço certo (Samma Vayamo);
  •         Atenção plena certa (Samma Sati);
  •         Meditação Certa (Samma Samadhi).

Para alcançar a atenção plena, é preciso o esforço correto, ou seja, é preciso olhar para um momento com foco e designar para ele uma alta concentração, chegando a meditação correta, que é quando alcançamos a paz daquele momento.

Como fazer Mindfulness

Prática que está ganhando cada dia mais adeptos, a meditação Mindfulness faz com que nós que vivemos uma vida cada dia mais corrida e agitada, paremos e olhemos para dentro de nós, para nosso intimo e intelecto e principalmente, observando como estamos em relação ao meio onde vivemos.

Estamos nos tornando seres insensíveis e essa insensibilidade já começa em nós mesmos, quando começamos a viver de forma automática, agindo como um robô. Comemos rápido demais, não sentindo o sabor da comida; Trabalhamos até a exaustão e não prestamos atenção que a vida lá fora segue e nós aqui num invólucro de tensões.

A ideia da Mindfulness é nos levar a prestar mais atenção em nós mesmos, olhar para cada atividade que fazemos de forma consciente e racional e não mais automática. Alguns exercícios podem nos ajudar a entender melhor o conceito e fazer em qualquer lugar em que estivermos, já que é uma prática simples, saudável e de graça.

Respire e Inspire a Vida

O primeiro e um dos mais importantes exercícios para ser feito logo ao acordar é o ato da respiração. Antes mesmo de levantar da cama, respire e inspire com profundidade, prestando atenção em como o ar entra em seus pulmões e sai dele. Faça isso algumas vezes e feche os olhos, procure mentalizar algo bom como estar na praia em um dia ensolarado e tranquilo.

Suas atividades diárias merecem sua atenção especial

Pode ser que seu trabalho agora esteja sendo sua prioridade, e atenção tem que ser redobrada, mas isso não significa que pequenas coisas como o ato vestir uma camisa, tomar um banho e sentir a água cair em seu corpo e mesmo o amarrar do cadarço do tênis, sejam menos importantes. Pare um pouco e curta esses pequenos momentos, pois podem parecer coisas simples demais mas que podem te levar a mentalizar com mais eficiência seu dia.

Fale e se ouça

Não, a ideia aqui não é falar e ouvir sua própria voz em um gravador, mas sim falar algo positivo pra si mesmo olhando em um espelho por exemplo e determinando o otimismo em sua vida. Além disso, numa conversa, por que não simplesmente dar ouvidos ao que o outro diz sem interrupções? Ouça cada palavra, analise e não diga nada na velocidade habitual.

Dê um tempo pra você mesmo

Acabou de fechar um negócio importante e está com outro na agenda para logo mais? Calma! Aprenda a parar um pouco e aproveite o intervalo, dando nos próximos dias intervalos mais longos. A ideia não é que você perca o foco e nem perca as oportunidades, mas nada acontece quando estamos no automático. Sente-se e tome um café, pare e analise você antes de tudo.

Curta a vida

Curta os intervalos, mentalize nos pequenos detalhes, pare e olhe pra você! Curtir a vida vai além de fazer um esporte radical, viajar ao redor do mundo ou sair todo fim de semana pra balada. Curtir a vida é saber olhar para dentro de si e encontrar a paz interior e conseguir se envolver de tranquilidade olhando para o entorno. Para encarar a vida atual, é preciso desacelerar e se atentar pra você.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, clicando aqui você responde um rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?