Lições de Nelson Mandela

Vivemos em um mundo cheio de preconceitos, onde a cor da pele define caráter, status e relacionamentos. Infelizmente, o século 21 não chegou a ser tão moderno, a ponto de acabar totalmente com a discriminação racial, mas mostra avanços que só foram possíveis com a luta de grandes homens e mulheres pela igualdade e respeito.

Nelson Mandela foi um desses homens, que com coragem e intrepidez, lutou por um continente africano mais igualitário e não apenas pelo seu país, a Africa do Sul.

Essa luta foi tão importante, que passou todos os limites territoriais e chegou ao ocidente e partes do mundo, mostrando que a cor da pele não define nada, mas o amor e a paz sim, pode acabar o as guerras e o ódio entre povos, unindo todos em harmonia.

Nelson Mandela se tornou presidente da África do Sul, ganhou o Nobel da Paz e foi reconhecido em todo planeta, como alguém que mesmo preso injustamente, falou mais de liberdade do que as pessoas realmente livres, tudo em nome da paz, justiça, igualdade e amor.

A partir de algumas citações de Mandela, vamos absorver para nossas vidas, algumas Lições que esse homem corajoso nos ensina e conhecer um pouco sobre a vida, de um dos maiores ativistas raciais do mundo.

Nelson Mandela

Nelson Rolihlahla Mandela, nasceu em Mvezo no Cabo Oriental em 18 de julho de 1918. Formado em direito, Mandela foi entre outras coisas, líder rebelde, presidente africano e reconhecido como um dos maiores lutadores pela paz na África do Sul e continente africano. Por conta de suas buscas diplomáticas, foi ganhador do Nobel da Paz em 1993.

Mandela lutou ativamente contra o Apartheid, regime de segregação racial que durou 46 anos, onde se delimitava os serviços públicos e privados aos negros e onde a discriminação dos brancos com os negros era incentivada. Calcula-se que 40 milhões de pessoas negras, morreram durante o Apartheid, sendo que 8 milhões conseguiram escapar do país, durante o regime.

Nelson Mandela ficou preso durante 27 anos acusado de traição, tendo uma sentença de prisão perpétua no ano de 1964. Mesmo encarcerado, não deixava de lutar e fazer sua voz ouvida, tanto que ao sair em 1990, Mandela já era um nome conhecido e respeitado, como um lutador pela paz e igualdade de seu país.

Em 1994, Mandela se torna o primeiro presidente negro da África do Sul em décadas e institui um novo tempo para o povo africano. Mandela foi presidente de abril de 94 até junho de 1999, se aposentando logo depois. A partir de então, Mandela foi um apoio de paz não só para seu país mas aclamado assim em várias partes do mundo.

A partir da década de 2000, Mandela passa por situações difíceis em sua saúde como um câncer (que tratou e se curou) e a perda de um filho e uma neta. Em 2013, depois de internações e problemas pulmonares, Mandela morre em 5 de dezembro e fica para história, como o maior líder africano que o mundo já viu.  

Hoje, passado mais de 20 anos desde seu período como presidente, a África do Sul é um país que ainda aprende a manter o respeito entre brancos e negros, mas vive dias de esperança que por muito tempo lhe foi tirado.

As lições que a vida de Nelson Mandela deixa para nós

Ele nos ensinou que podemos aprender a amar

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se pode aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar.

Mandela ensinou que a educação é o segredo para um mundo melhor

A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo.

Ele nos ensinou que devemos saber falar e aprender a nos compreender

Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele. Se você falar com ele em sua própria linguagem, você atinge seu coração.

Mandela nos mostrou que é possível sermos iguais

Sonho com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos.

Mandela provou que mesmo com medo, podemos superá-lo.

Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas o que conquista esse medo.

Mandela nos orientou a deixarmos o medo de lado e refletir a luz que existe dentro de nós…a luz que impacta nossos semelhantes.

Nascemos para manifestar a glória do Universo que está dentro de nós. Não está apenas em um de nós: está em todos nós.

E conforme deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo.

E conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença, automaticamente, libera os outros.

Mandela mostrou que um povo que padece, quando unido, vai em busca da sua liberdade e a encontra.

Nenhum poder na Terra é capaz de deter um povo oprimido, determinado a conquistar sua liberdade.

Nelson Mandela nos advertiu a não nos calarmos

Os tolos se multiplicam quando os sábios ficam em silêncio.

Ele nos fez perceber, que até nas duras derrotas, aprendemos alguma coisa

Eu nunca perco. Ou eu ganho, ou aprendo!

Aprendemos com ele que o impossível é só um ponto de vista.

Tudo parece impossível até que seja feito.

Aprendemos com Mandela que nossa liberdade só é de fato liberdade, quando nossos semelhantes também estão livres.

Ser livre não é apenas quebrar as próprias correntes, mas viver de uma maneira que respeite e aumente a liberdade dos outros.

Ele nos ensinou a lição mais valiosa: o amor ao próximo e a visão que todos somos iguais sem distinção.

Eu lutei contra a dominação branca, e eu lutei contra a dominação negra. Eu nutri o ideal de uma sociedade democrática e livre, na qual todas as pessoas vivem juntas em harmonia e com oportunidades iguais. É um ideal que espero viver para alcançar. Mas, se for preciso, é um ideal pelo qual estou preparado para morrer.

O que achou do artigo?