Liberdade a dois

Tem coisa melhor do que ser livre ao lado de quem a gente ama? E não estamos falando de troca de parceiro, relacionamento aberto, nada que envolva uma terceira pessoa no romance. Essa liberdade é a de ser quem a gente realmente é, sem máscaras, sem amarras.

Encontre alguém que seja parceiro

Existe pessoa mais apaixonante do que aquela que te incentiva, impulsiona, ajuda a ser a sua melhor versão? Encontrar um amigo, amante, cúmplice, alguém que dê paz para o seu coração, que lhe indique o melhor caminho, mas te deixe livre para decidir o que quer fazer, que não corte as suas asas e ainda admire seu voo, é como ganhar na loteria. Sorte pura!

Encontre alguém que aceite seus defeitos

Se uma pessoa quer muito mudar a nossa personalidade, implica com todos os nossos defeitos e não enxerga as qualidades, é provável que ela não goste de quem somos. É porque não quem ela sempre desejou ter ao lado! Não existe sensação melhor no mundo do que ficar com um individuo que lhe permita acordar de cara limpa ao seu lado, andar só de camiseta dentro de casa e mesmo assim achar você linda, permitir que chore quando tiver vontade e não a julgue por isso, que a deixe rir descontroladamente e falar o que der na telha.

Encontre alguém que reconheça os erros

Liberdade em um relacionamento é também poder assumir os erros sem culpa, mudar de opinião sem ter medo de como a outra pessoa vai agir e pedir desculpa a qualquer momento, sem cobranças.

Encontre alguém que não cobre amor

Já dizia Shakespeare “Só porque alguém não te ama como você quer, não significa que não te ame com todo o seu ser”. Que o seu parceiro, entenda que você não precisa dizer eu te amo a todo o momento, nem mandar mensagem a cada minuto para demonstrar que se importa. Que você esteja livre para mostrar o seu carinho com gestos e atitudes. Sabe aquele pudim que o seu amor é apaixonado e você corre para fazer em uma sexta-feira a tarde só pra ver o sorriso dele quando chegar na sua casa? Tomara que essa pessoa tenha a sensibilidade de reconhecer, que isso também é amor.

Encontre alguém que respeite seu espaço

Ninguém deseja colocar os amigos de lado, a série preferida, a academia, só porque escolheu dividir a sua vida com alguém. Não há necessidade de privar o seu parceiro dos seus hobbies. É importante que cada um tenha um momento só seu. Nada que aperta causa boas emoções. Respeitar o outro, deixar que ele tenha seus dias solitários, é sinal de um relacionamento saudável. Ao contrário, vira uma relação de posse, dependência emocional, tudo que tiver de ruim, menos amor.

Nunca se esqueça de que amor é liberdade, e, permitir que outro seja livre, é a maior prova de carinho que existe. Deixar o outro voar e ter a certeza de que mesmo tendo mil escolhas, ele ainda vai preferir pousar no seu ninho, é um sentimento indescritível. Pode apostar!

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?