É possível acreditar na Lei da Atração e na Bíblia?

“Semeia pela manhã a tua semente, e à tarde não repouses a tua mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela, ou se ambas igualmente serão boas.” Eclesiastes 11:6

Você vem acompanhando e aprendendo sobre os mistérios que envolvem a Lei da Atração. Mas é possível acreditar na Lei da Atração e na Bíblia ao mesmo tempo? Se a Lei da Atração funciona, ela está citada na Bíblia? Ou será que ela é explicada em algum lugar nos textos das Escrituras?

Muitas dessas perguntas são feitas por muitas pessoas, principalmente após o lançamento de diversos livros que falam sobre a Lei da Atração.

O mais lido é o best-seller O Segredo. Você sabe que segundo a Lei da Atração, é possível se obter tudo aquilo que deseja a partir do momento que você conseguir treinar a sua mente para enviar os devidos pensamentos positivos que irão proporcionar que todos os seus desejos se realizem.

Pergunto à você: você acredita que os seus pensamentos possuem o poder de atrair todas as coisas que você deseja? Será que é possível que todos os seus sonhos e desejos possam ser concretizados ou destruídos utilizando somente as forças do seu pensamento?

A Lei da Atração e a Bíblia possuem pontos em comum?

Quem busca pelo conhecimento do funcionamento e tem realizado os devidos exercícios podem dizer que a fórmula é muito simples: basta apenas pedir, acreditar e receber.

Veja algumas passagens bíblicas:

“Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco.” (Marcos 11:24)

“…e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis.” (Mateus 21:22)

Muitos dizem que a Lei da Atração faz muita referência com a Lei da da Semeadura e da Colheita relatada na Bíblia. E elas possuem muitos pontos em comum. Considerando essa comparação, é possível perceber que a própria palavra bíblica possui muitas referências relacionadas que comprovam o funcionamento da Lei da Atração.

Considerando que a Bíblia são mensagens divinas, relatos de Jesus referentes aos ensinamentos de Deus, podemos dar mais credibilidade ainda aos poderes da Lei da Atração.

Quero analisar junto de você as semelhanças e algumas curiosidades referentes à essas duas situações específicas.

As semelhanças referentes a Lei da Atração e a Lei da Semeadura e da Colheita pode ser definida por uma expressão que utilizamos com muita frequência: Tudo aquilo que se planta nessa vida é exatamente aquilo que se colhe.

Analisamos: todos os pensamentos que exteriorizamos, a forma com que nos portamos e todos os nossos desejos fazem parte da semeadura. De acordo com esta prática da semeadura, nós certamente iremos colher alguma coisa, seja o bem ou o mal, de acordo com o tipo de semente que estamos plantando.

Nas duas leis podemos perceber de forma implícita a lei do retorno, que indica que: aquilo que desejamos que retorne para nós deve ser a semente que devemos plantar.

A própria ciência contribui com este princípio ao afirmar com a terceira lei de Newton que para toda a ação existe uma reação. Todos os princípios que regem essas leis são aplicáveis para todas as áreas do ser humano, indiferente se for financeira, emocional, sentimental, saúde, etc…

Tanto a Lei da Atração quanto a Lei da Semeadura e da Colheita mostram de forma indireta todos os obstáculos que possam surgir durante o processo que pode prejudicar a colheita conforme desejamos. Existem diversos obstáculos, desafios, intempéries que podem prejudicar ou até impedir a colheita.

Vamos analisar os aspectos de ambas e realizar uma comparação:

  • Para que se possa conseguir uma boa colheita abundante, é preciso inicialmente arar a terra e escolher as sementes que pretende plantar (preparar a mente e escolher os desejos);
  • Há um longo tempo de espera entre a semeadura e a colheita (paciência);
  • Nem todas as sementes irão se desenvolver, algumas cairão pelo caminho e serão comidas pelos pássaros, outras cairão sobre os espinheiros e serão sufocadas, outras cairão sobre as pedras e secarão, somente irão se desenvolver aquelas que caírem na terra boa (somente será possível a realização dos seus desejos se você determinar o seu foco exatamente naquilo que você deseja e alimentar com pensamentos e emoções positivas, os demais desejos não serão concretizados);

É o poder de Deus que proporciona ao semeador a terra, as sementes, o sol, a chuva e faz brotar a semente. É Ele quem afasta as pragas, as calamidades, proporciona o crescimento da semente e multiplica de forma abundante a colheita.

Todos esses processos são possíveis de serem realizados com o poder do seu pensamento em relação aos seus desejos, sempre utilizando o poder da fé, crendo que os seus desejos e pensamentos alimentados corretamente serão afastados das possíveis pragas e receberão as energias (o sol e a chuva) necessários para o seu desenvolvimento e concretização (a colheita abundante).

Existem diversos relatos que evidenciam que este processo funciona. Porém é muito importante deixar claro que para que possamos conquistar tudo que desejamos, além dos nossos comportamento positivos, devemos estar envolvidos com a palavra de Deus. Pois Ele mesmo diz que para que tudo seja possível é necessário trabalhar duro, com dedicação e foco.

  • A Parábola do Semeador começa: “Eis que o semeador saiu a semear…”; Mateus 13:3

 

  • “Semeia pela manhã a tua semente, e à tarde não repouses a tua mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela, ou se ambas igualmente serão boas.” Eclesiastes 11:6

 

  • “E isto afirmo: Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia com fartura, com abundância também ceifará.” II Coríntios 9:6

 

  • “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos” Gálatas 6:9

 

Em se tratando dos pensamentos negativos, é necessário sim que procuremos evitá-los, por serem completamente opostos à fé, e pelo fato de que eles atraem somente situações negativas.

“Porque, como imagina em sua alma, assim ele é;” Provérbios 23:7

“Porque aquilo que temo me sobrevém, e o que receio me acontece.” Jó 3:25.

Todos os nossos pensamentos são diretamente refletidos em nossas vidas, são eles quem criam as oportunidades que nos cercam. Devemos sempre evitar os maus pensamentos e sentimentos e substituí-los por emoções positivas.

Para que possamos realizar este feito, precisamos evitar tudo que é negativo, buscarmos nos cercar somente daquilo que nos faz bem. É preciso primeiro semearmos coisas boas. Comece procurando ser o melhor para as pessoas, não deixe de estender a sua mão para ajudar àqueles que precisam que Deus colocou em seu caminho.

A Lei da Semeadura e da Colheita é uma forma muito mais completa e abrangente de se explicar o funcionamento da Lei da Atração. Ela é perfeita pois entra em harmonia com os demais princípios da Palavra de Deus.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?