Dicas para ser rico… Mas você quer ser rico de quê?

Olá pessoas bonitas e bem-sucedidas! Como vocês estão?

Hoje vamos falar de um assunto que interessa a todos (ou quase todos): dinheiro.

Li alguns livros sobre o assunto (pois pretendo ser milionária em breve!) e trouxe algumas dicas que acredito que façam diferença para você conseguir juntar uma graninha e gerenciar bem o seu dinheiro. Pronto para começar?

O livro Pai rico, pai pobre de Robert Kiyosaki e Sharon L. Lechter, fala que as pessoas são “pobres” porque agem frente ao dinheiro seguindo suas emoções, que normalmente são relacionadas ao medo e a ansiedade. Por exemplo, uma pessoa aceita um emprego que paga um salário abaixo do que ela gostaria.

Essa pessoa deixou o medo e a ansiedade de não ter dinheiro para pagar as contas no final do mês tomarem conta, e seu impulso foi aceitar o emprego, sem pensar claramente sobre a proposta e sobre outras possibilidades abertas.

Esse medo e ansiedade nos privam de alcançarmos nossos objetivos frente ao dinheiro, de forma que necessitamos deixar os impulsos e os receios de lado e pensar de forma clara sobre nossos objetivos frente ao dinheiro.

O mesmo conceito está relacionado aos gastos. Não compre por impulso, por ansiedade ou para suprir o estresse de um dia difícil. Pondere: eu preciso realmente disso? Semana que vem ainda estarei feliz e utilizando o que comprei hoje? Muitas vezes a resposta vai ser não…

Dentro desse livro e de todos os outros que li sobre educação financeira, uma frase está presente em todos: “Não trabalhe por dinheiro, faça o seu dinheiro trabalhar para você”. Aqui estamos falando de investimentos.

Existem N formas de investir, e você não precisa ter conhecimento sobre ações ou mercado financeiro para fazer isso. Se não tem tempo ou interesse para aprender sobre isso, procure uma corretora, eles fazem todo o trabalho para você.

Vamos refletir. Você recebe seu salário, paga o aluguel, água, luz, Internet, comida, compra roupas, gasolina, e não sobra nada no final no mês… Você paga a todo mundo, menos a si mesmo. Está trabalhando para os outros. Se guardasse para si mesmo um décimo de tudo o que ganha, quanto teria dentro de dez anos? (CLASON, O homem mais rico da Babilônia).

Dessa forma, você deve guardar um pouco de tudo o que ganha, para investir e fazer mais dinheiro! São assim que os ricos ficam ricos! Até porque, a nossa geração já não se aposenta mais, certo? 😉

Mas Isa, não sobra dinheiro no final do mês para guardar! Será? Deixa eu contar uma verdade para vocês: Quanto mais dinheiro a gente ganha, mais dinheiro a gente gasta! Isso é um fato. Veja se todos os seus gastos são realmente necessários, sempre dá para cortar uma coisinha!

Para não me estender demais, só peço que você reflita se o que você realmente quer da vida é ter dinheiro. Isso é uma coisa implantada em nós pela sociedade em que vivemos, e muitas vezes o que vai te fazer feliz não é o dinheiro em si (até porque, dinheiro é só papel!). Por exemplo, você quer poder viajar pelo mundo? Você não precisa de dinheiro, você pode arrumar um emprego que te proporcione viagens! Quer ficar em casa e ter mais tempo livre? Arrume um emprego light que você possa trabalhar em casa! Lembre-se dinheiro é bom, mas ele não vai resolver todos seus problemas.

Até a próxima!

O que achou do artigo?