Conheça os benefícios da meditação para sua vida

Respire e expire. Repita o processo e procure estar com os olhos fechados e com a mente leve, pensando em coisas boas. Essas entre outras técnicas e mantras, são as bases da meditação, hábito e técnica milenar oriental que visa o relaxamento pelo ato de buscar a calma interior no silêncio e reflexão pessoal.

O ato de meditar não trás apenas uma agradável sensação de tranquilidade e relaxamento, ela nos faz pensar mais em nós mesmos e solucionar problemas internos, além de ser benéfica a nossa saúde e bem estar geral. Conheça os benefícios da meditação e como iniciar esse processo de autoconhecimento e espiritualidade.

Meditação no Ocidente

A meditação é bastante antiga, com mais de 5.000 anos de existência e mais comum no continente asiático. No ocidente, a prática se tornou conhecida e apreciada desde a década de 60, principalmente com o aparecimento dos hippies e uma nova visão de amor e paz.

Espiritualidade

Como objetivo principal, a meditação visa o autoconhecimento, a partir da busca pela espiritualidade. Religiões como budismo, taoísmo e hinduísmo, tem por hábito a meditação, visando seu crescimento espiritual que no budismo e hinduísmo são a busca pela iluminação  e o Nirvana, usando a prática dos mantras.

No cristianismo, a visão de meditação é diferente, focada mais na leitura da Bíblia e principalmente nas rezas ou orações. O ato de se interiorizar em busca de um contato espiritual com um Ser Superior, também são considerados formas de meditação, já que também trazem relaxamento e uma relação transcendental com uma entidade maior.

No momento da meditação, pode-se usar objetos que caracterizem um momento de reflexão interna como o uso de velas e rosários no cristianismo e incenso no budismo e hinduísmo.

Posições do corpo na meditação

A meditação é democrática, ou seja, sem uma imposição certa de como deve-se meditar. Seja sentado, deitado ou em pé, o importante é que a pessoa esteja em contato com seu eu interior e buscando uma conexão espiritual, se for esse o objetivo final da pessoa que medita.

  A posição de lótus é a mais conhecida, quando sentado, colocamos o pé direito sobre a coxa esquerda e o pé esquerdo sobre a coxa direita. Outra posição comum na meditação é a Postura da Árvore, posição em que a pessoa fica em pé e aparentemente imóvel, porém, se move devagar e com movimentos cíclicos que auxiliam no equilíbrio e relaxamento.

Yoga

O Yoga ou Ioga, é a prática mais comum e difundida da meditação em todo mundo. A técnica é conhecida através do hinduísmo mas também praticada pelos budistas. A Yoga busca o Samadhi, iluminação da consciência e autoconhecimento, além de usar técnicas posturais que movimentam todo o corpo, numa busca que vai além da intenção espiritual, mas de saúde e bem estar.

O Yoga possui algumas etapas que são regras que definem o avanço de uma pessoa no caminho do autoconhecimento através da meditação. Alguns deles são:

  •         Não violência;
  •         Não roubar;
  •         Não expor a sexualidade;
  •         Ser limpo;
  •         Se auto observar;
  •         Não cobiçar;
  •         Não mentir.

Além dessas, existem outros inúmeros passos para que a meditação através do Yoga clássico funcione e seja eficiente, cabendo ao praticante segui-las para atingir os objetivos que a técnica oferece.

Benefícios da meditação para a saúde

O relaxamento e a busca pela espiritualidade são alguns dos pontos positivos que a meditação nos dá, mas pesquisas e estudos científicos tem comprovado que a meditação também é benéfica para nossa saúde:

  •         Melhora a imunidade;
  •         Diminui ansiedade e depressão;
  •         Desenvolve a autoestima;
  •         Aumenta o bom humor e bem estar;
  •         Controla a pressão sanguínea;
  •         Estimula a memória e criatividade.

O estresse, maior causa de problemas de saúde físico e mental atualmente, é um dos males mais combatidos pela meditação. Num estudo feito na Universidade da Califórnia, o sistema imunológico fica mais reforçado com a intensificação de uma enzima que estimula o organismo e ajuda a ficarmos mais fortes para combater infecções.

Outro estudo aponta, que a meditação aumenta a efetividade do cérebro e melhora nossa memória, combatendo doenças como Parkison ou Alzheimer. Além disso, nossa inteligência aumenta e também ficamos mais criativos. Pessoas que meditam com regularidade, sofre menos de dores de cabeça e conseguem se concentrar com mais rapidez e eficiência do que pessoas que não meditam.

Outra pesquisa feita na Universidade de Washington, concluiu que através da meditação, é possível que pessoas viciadas em drogas, bebidas, cigarros e até compulsivas por compras e sexo, controlem e eliminem o maus hábitos de suas vidas e consigam viver em equilíbrio por mais tempo.

A professora Sara Bowen, líder do estudo, afirma que: “a meditação ajuda o indivíduo a ver o que está acontecendo ao seu redor e assimila melhor suas experiências, ampliando sua consciência para dizer não as drogas ou aquilo que lhe trás o vício prejudicial.”

Como começar a meditar

Depois de conhecer o que é e os benefícios da meditação para sua vida, é fundamental que você saiba o que é preciso fazer para começar a meditar.

A primeira dica é encontrar um local em sua casa que seja tranquilo e silencioso, para que o momento não tenha nenhuma distração. Coloque incensos ou velas para harmonizar e crie um ambiente calmo, com almofadas no chão para se sentar e usando roupas leves para ficar relaxado mais rapidamente. Escolha um local que seja longe de muito barulho e de preferência com cores claras ou ao ar livre, se conectando com a natureza.

Comece devagar, tomando inicialmente a posição de lótus e com o tempo, buscando a posição que lhe seja mais agradável. Com tudo certo, feche os olhos, respire fundo e expire com a boca fechada, prestando atenção na própria respiração e busque se concentrar no seu interior. Para iniciantes, a meditação pode ser difícil no início, por isso é indicado o uso de música relaxante para o momento, pois contribui para própria concentração.

A meditação não tem um tempo específico, pois isso dependendo muito da pessoa e o grau de concentração que ela possui em meditar. No começo, inicie com 5 minutos e conforme for tomando o hábito aumente o tempo. Com o tempo, você também sentirá em seu corpo e mente, as vantagens que a meditação oferece a todos.

Que tal começar a meditar com essas dicas? Então não deixe de nos contar essa experiência e conferir nossos artigos incríveis aqui no nosso blog.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?