Compreendendo a sua família com a Lei da Atração

Através da prática da Lei da Atração, você vai conseguir encontrar como reagir com relação a qualquer coisa que você quiser. Você pode trabalhar o aspecto familiar e, desta forma, você poderá encontrar a oportunidade de considerar o fato de que você vai precisar começar a proporcionar a chance de dar atenção a todos.

Além disso, cada membro de sua família terá a chance de utilizar a Lei da Atração como uma forma de acompanhar os seus objetivos primordiais familiares.

Você passará a ter outra sensação em relação aos conflitos familiares e, perceber que a meta de um nem sempre corresponde a meta do outro, porque isso pode fazer com que a família se afaste.

Você irá querer certificar-se de que você começa a parar e pensar sobre como a família reage em relação a Lei da Atração e você pode acabar pedindo conselhos de outros membros de como eles reagem a determinadas situações.

O primeiro passo para a Lei da Atração é identificar o que é que você quer. Você pode querer trazer a sua família para mais próximo de você, mas ser ainda mais específico.

Você irá começar a perceber que existem um monte de situações que podem ser trabalhadas quando o assunto é família, mas você precisa ser muito específico sobre esse assunto.

Você será obrigado a refletir a respeito sobre o que parte da relação da sua família que você precisa para conseguir trabalhar, e que pode demorar um certo tempo para que você possa trazer a sua família para mais próximo do seu convívio.

A próxima parte da Lei da Atração é deixar de ir em busca de energias negativas e substituí-las por energias positivas. É uma situação bem delicada quando o assunto se trata de família. Você irá precisar ensinar e colocar todos a bordo com a sua ideia.

Você só conseguirá alguns resultados como conseguir obter a colaboração de todos os membros que você deseja estarem envolvidos com os seus objetivos. Você passará a ter o desejo de ter todos sentados reunidos e passar alguns debates familiares, de forma que você possa trazer a sua família para mais próximo de você.

Se você realmente deseja a contribuição da sua família com a Lei da Atração em sua vida, então você será obrigado a considerar o fato de que você terá que começar a proporcionar a todos as experiências necessárias em relação às oportunidades de conquistas.

Será necessário a compreensão de cada membro de sua família em relação ao uso da Lei da Atração como uma forma de acompanhar em conjunto os objetivos principais da família.

Você vai querer certificar-se de que as metas são conflitantes em relação a cada membro, isso pode fazer com que a família acabe se afastando caso não existe uma compreensão de todas as partes.

Você precisa compreender de que você precisa parar e refletir a respeito da forma como a sua família reage em relação à Lei da Atração e como você pode conseguir os aconselhamentos necessários de todos os envolvidos.

Quem não possui problemas familiares?

Eu me arrisco a dizer que mesmo aquelas pessoas que não possuem uma família tradicional constituída continuam este karma, porque o karma é uma ação correspondente à uma reação, sendo que o fato de não possuir uma família não significa exatamente ter uma relação com fatos passados.

Ao longo dos meus anos de estudos, e me fortalecendo com vivências e compreensão em relação aos princípios espirituais, posso afirmar sem nenhum tipo de medo que nossa família carnal é constituída de relações passadas.

Sendo que algumas soluções são mais simples de serem solucionadas e outras um pouco mais complicadas. Algumas feridas de dores nos relacionamentos e outras mais suaves e repletas de amor.

Muitas vezes eu me pergunto porque atraímos pessoas tão complicadas para o nosso convívio. Também já me perguntei por que, por muitas vezes, possuímos tanta dificuldade em interagir com outras pessoas que pertencem ao nosso meio familiar e cresceram conosco, na mesma casa, com os mesmos pais, dentro das mesmas condições sociais. Porque o aprendizado, mesmo sendo igual, acabamos tão diferentes?

Afinal de contas, se o lar é um lugar sagrado, porque é tão difícil conviver com pessoas que estão ao nosso lado?

Para essas perguntas, a Lei da Atração nos traz explicações muito claras de como isso acontece e de como podemos reagir para solucionar esse problema.

Não devemos nos envolver em demasia com os laços materiais, pois estão vivenciando condições de pai, mãe, filhos e irmãos, quando na verdade são espíritos separados, unidos pela necessidade de aparar as suas arestas e mudar algumas crenças.

Em um determinado momento criaram afinidade, mas isso não significa que teremos de manter esses laços pela eternidade. Muito pelo contrário, é esperado de nós um amadurecimento interior e libertador que nos permita escolher os nossos companheiros de caminhada.

Acreditar nessa verdade libertadora não é uma tarefa fácil para a grande maioria das pessoas que se vêem obrigadas a conviver com os seus desafetos, ou acabam se enchendo de culpa quando não conseguem vivenciar esse amor. Isso porque não é uma tarefa simples quando a relação é perturbadora.

O amor quando flui de forma natural é praticamente um deleite. Porém quando a coisa se complica, e entra a personalidade egocêntrica de cada um, a disputa de poder e soberania nas situações ou mesmo na falta de confiança e cumplicidade, essas relações só tendem a se complicar, separando cada dia mais as pessoas que nasceram do mesmo lado.

Eu não vejo nada de negativo em cada um seguir a sua vida da maneira que bem entender, pois, afinal de contas, a experiência de vida é individual. Porém a Lei da Atração nos adverte em relação a deixar nos afetar de forma negativa e até perigosa pelo egoísmo que sempre poderá nos garantir que a nossa verdade é a única.

Dentro desse contexto, eu conheço muitas pessoas bem sucedidas financeiramente que vivem aflitas em relação ao seu convívio familiar. Porém se essas pessoas compreendessem os fundamentos básicos da Lei da Atração, passariam a respeitar o nível de compreensão de cada um.

Sempre deixo claro que nem tudo que recebemos provém do nosso racional, muitas das nossas questões as quais interagimos vibracionalmente não são abordadas pelo nosso processo consciente.

Isso significa que não possuímos um total controle sobre tudo que envolve a nossa vida, principalmente se não levarmos em consideração os princípios da Lei da Atração.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?