Como ter relacionamentos longos e saudáveis

Relacionamentos são uma parte bonita da vida.

Sejam eles românticos ou amigáveis, se conectar com outro ser humano é sem dúvida uma das melhores experiências que a vida tem a oferecer. Claro que em relacionamentos, assim como em outras coisas na vida, mudanças são inevitáveis.

Eu duvido que existam muitos de nós, se algum, que tenha mantido o mesmo parceiro e/ou grupo de amigos durante a maior parte da vida. Apesar dessa mudança natural, o que acontece em certos relacionamentos que fazem eles durarem mais que outros?

Eu pensei em 8 sinais que eu acho são ótimos sinais que uma relação em particular vale a pena ser mantida, mas preste atenção a última que eu mencionei, uma vez que ela sozinha pode superar todas as outras e na minha opinião é a mais importante.

  1. Você é realmente você mesmo

Existem muitas pessoas que acham importante a ideia de compromisso, mas quando você tem que abrir mão de você mesmo para agradar ou manter um relacionamento, eu pessoalmente não acho que isso seja muito saudável.

Os melhores e mais longevos relacionamentos são aqueles em que ambos os parceiros podem sem esforço serem si próprios sem serem julgados, ridicularizados ou sofrerem pressão para mudar.

Todos nós sabemos quando estamos sendo falsos, então cabe a nós perceber porque estamos sendo falsos e decidir se nosso verdadeiro eu pertence ou não a esse relacionamento.

  1. Celebração acima de comparação

Os melhores relacionamentos são aqueles nos quais comparações baseadas em ego são colocadas de lado e substituídas pela felicidade genuína pelas realizações do parceiro.

Melhor que colocar uma máscara que mostra felicidade quando a outra pessoa consegue o emprego dos sonhos, os melhores relacionamentos são aqueles em que nos sentimos realmente felizes por eles.

  1. Vocês se animam

Apesar de que um monte de “conforto” poder ser encontrado quando chafurdamos em experiências ruins (como reclamar ou beber), as relações mais valiosas são aquelas em que cada um ajuda o outro a se levantar quando algo ruim acontece.

Essa ajuda pode vir na forma de uma escuta sincera do que você tem a dizer, providenciar recordações boas e de várias outras maneiras, mas não importa como venha, sempre arruma uma maneira de tirar o outro do estado doentio atual.

Apesar das ações para a mudança precisem vir da pessoa na pior, os parceiros mais valiosos nos lembram e nos ajudam a encontrar esse poder de mudança.

  1. As diferenças não causam brigas

Muitos relacionamentos são construídos em similaridades, por razões obvias.

É mais fácil encontrar interesses, lugares e compatibilidades em comum com alguém que como eu, gosta de esportes do que com alguém que gosta de pintar.

Apesar das fundações em comum, diferenças inevitavelmente surgirão mesmo no mais compatível dos relacionamentos, e aqueles que valem a pena serem mantidos não deixam essas diferenças ficar entre eles.

Um ótimo relacionamento é aquele no qual o tempo gasto fazendo aquilo que gostamos é visto como valioso pelo nosso parceiro, mesmo que estejamos fazendo com outras pessoas que não ele.

  1. O passado é passado

Se perguntado sobre nosso relacionamento mais querido, a maioria de nós rapidamente iria falar sobre um número de momentos memoráveis que ajudariam a criar a imagem de o quanto conectado estávamos.

Apesar de que reviver o passado possa ser incrível, o melhor relacionamento é aquele que permanece no momento presente. Isso ajuda a superar qualquer desafio que os dois estejam passando.

Ao invés de guardar ressentimentos e problemas, mesmo que quietinhos no fundo de uma conexão atual aparentemente sem problema, a escolha de largar o passado e estar no presente permite a ambos aproveitar tudo que o outro tem a oferecer de forma mais plena.

  1. Sem jogos mentais

Principalmente na realidade dos relacionamentos românticos, várias pessoas amam a excitação e incerteza que vem de tentar adivinhar a outra pessoa, mesmo errando várias vezes.

Apesar disso, as relações mais valiosas tendem a ser aquelas em que não acontece nenhum tipo de jogo mental.

Cada um sabe o que o outro é, o ama por ser assim e pode ser si mesmo confortavelmente sem a necessidade de conversa fiada.

  1. Uma extensão da experiência humana

Eu acredito que as melhores relações são aquelas em que ambas as pessoas veem a relação como uma extensão da experiência humana, e não a base de sua felicidade.

Quanto mais dependemos dos outros para obter preenchimento, mais nos afastamos de sermos independentes e mais pressão o relacionamento vai sofrer.

Quando não procuramos um relacionamento para preencher uma necessidade particular ou nos sentirmos de uma certa maneira, formamos os relacionamentos mais valiosos e verdadeiros.

  1. Saber que pode terminar a qualquer momento

Isso pode soar uma maneira mórbida de terminar uma lista, mas eu realmente acredito que os melhores relacionamentos são aqueles em que ambos reconhecem e estão em paz, com o fato que pode mudar e até mesmo terminar a qualquer momento.

Essa compreensão, na minha opinião e experiência, pavimenta o caminho para a liberdade que faz o relacionamento mais profundo.

Não quer dizer que todo relacionamento tem que acabar em algum momento, mas esse entendimento dá a liberdade de explorar qualquer modelo que surja.

O que achou do artigo?