Como superar seus medos

Todos nós sentimos medo de algo. O medo é uma sensação emocional que sentimos em momentos de perigo, seja ele real, eminente ou psicológico. O medo é algo natural e totalmente normal, fazendo com que fujamos de situações que sejam realmente perigosas para nossa vida.

O problema do medo é quando ele se torna algo irreal ou psicológico, levando-nos a ficarmos tão assustados que não conseguimos reagir. Nesses casos, ajuda psicológica é um grande auxílio mas é importante que as pessoas que estejam com um pavor além da conta, consigam superar seus medos sozinhos.

Vamos falar um pouco do quanto o medo pode ser algo nocivo para nossa saúde física e mental, nos levando a situações graves que podem inclusive, chegar a morte. É preciso superar seus medos e com nossas dicas, você poderá começar a vencer seus receios aos poucos e a viver com mais segurança e tranquilidade.

Significado de medo

Segundo o dicionário Aurélio: “Estado emocional resultante da consciência de perigo ou de ameaça, reais, hipotéticos ou imaginários; Ausência de coragem; Preocupação com determinado fato ou com determinada possibilidade; Alma do outro mundo; Ausência de coragem; Preocupação com determinado fato ou com determinada possibilidade; Relativo à Média, região asiática.”

O medo, quando sentido em momentos de perigo real, é uma reação totalmente normal e esperada, trazendo logo após o evento, calma e relaxamento. Em meio a situação de pavor, o cérebro ativa vários órgãos e mecanismos de defesa pelo corpo como:

  •         Coração acelerado;
  •         Contração muscular;
  •         Respiração acelerada;
  •         Suor frio;
  •         Confusão mental.

Além disso, nosso organismo entra em um estágio de grande ansiedade, esperando que aquele momento de desespero termine logo e bem. O problema do medo é quando ele se torna um transtorno, ou seja, acontece por conta de situações que nem existem a possibilidade de ocorrer ou a pessoa vivencia momentos passados de pavor. Nesses casos, o medo precisa ser superado e erradicado para se viver melhor.

O medo que domina e paralisa

Sentir medo é normal quando fazemos algo novo e desconhecido como conhecer novos amigos, viajar para longe de casa ou começar a dirigir por exemplo, mas o medo não pode nos dominar, a ponto de não conseguirmos seguir em frente e enfrentar essas situações comuns e normais da vida.

Quando o medo nos domina, sentimos todos os mecanismos de defesa que foram citados anteriormente, diante das situações de medo comum, porém a pessoa pode começar a ter fobias regulares que tendem a aumentar e até se tornarem insuportáveis, paralisando a vida da pessoa. O medo ou fobia, pode ter algumas sensações anormais e incapacitantes:

  •         Vontade de fugir;
  •         Sensação de desmaio ou morte;
  •         Dificuldade de respiração;
  •         Tontura;
  •         Sensação de impotência.

Em geral, a pessoa com medo, pode sentir todos os sintomas ou apenas alguns, principalmente no início das fobias. Com o passar do tempo, elas vão ficando mais sérias a ponto da pessoa não conseguir reagir.

É nesse momento que algo precisa ser feito para que não coloque a vida em real perigo, desencadeando doenças como transtorno de ansiedade, depressão e doenças físicas, resultantes do estresse desses momentos.

Identifique e reconheça seus medos

Se o medo que você vem sentindo é algo irreal, a ponto de paralisar e dominar sua vida, identifique de onde ele vem, qual a causa ou motivo. Foi algum trauma do passado? Algo que aconteceu recentemente que te deixou apavorado? Seja qual for o motivo, o importante é perceber de onde ele vem e o segundo passo é reconhecer esse medo em você.

Nem sempre estamos dispostos a reconhecer que estamos com medo. Negamos que isso possa estar nos enclausurando, até o momento que não conseguimos mais viver com o problema. Assim que reconhecer que está com um medo fora do normal, é o momento de buscar ajuda e encontrar estratégias para voltar a viver bem.

Perceba o tamanho do medo

atravessando a ponte

Levantar da cama para trabalhar, ser tornou um pavor pra você? Observe o poder que o medo tem tido sobre você e questione o quanto ele tem domina sua mente, a ponto de limitar seu corpo para viver o dia a dia.

A partir de agora, tente classificar em qual ponto de risco o medo tem te paralisado. Se você percebe que ele tem sido muito alto, é preciso encará-lo de frente.

Pense positivo

Para superar seus medos, você precisa entender que eles estão associados a pensamentos negativos. Pensamos que não vamos conseguir algo, que nada dará certo ou que nada vai se resolver. Quanto mais pensar assim, mais o medo irá dominar sua mente e corpo.

Comece a exercitar o otimismo, a pensar que tudo irá se resolver e que você conquistará uma vida tranquila e plena. Tente pensar naquilo que lhe trás os pensamentos ruins em algo positivo. Por exemplo, se você tem medo de se relacionar e teve experiências ruins no passado, mentalize que no próximo envolvimento amoroso tudo será diferente e melhor. Pense positivo!

Aprenda a relaxar

No momento do ápice do medo, relaxe completamente e aprenda a controlar sua respiração. Estudos com mais de 10 anos de pesquisa, mostram que o controle da respiração nos momentos de pavor, reduzem a elevação cardíaca e a pessoa fica mais relaxada.

Medo de lugares públicos, com multidões ou de ficar sozinho, podem ser indícios de Transtorno do Pânico, uma doença psicológica que vai além do medo, pois é algo irracional e requer um tratamento médico sério com ajuda de médicos psicólogos e psiquiatras.   

Enfrente seus medos e supere-o

Seja qual for o tipo de medo que está aprisionando você, não desista e pela ajuda. Não deixe que esse problema domine você a ponto de não deixa-lo conseguir dormir, comer, andar, trabalhar e viver socialmente ou mesmo com você mesmo. Enfrente aquilo que está te perturbando e supere.

Se o medo é de cachorros, pois foi mordido na infância, procure se aproximar aos poucos de cães dóceis e até adote um. Conviva com o medo até você ter o poder sobre ele. O importante é que o medo seja apenas um mecanismo de defesa e não um problema de saúde.

Não deixe o medo tomar conta de sua vida! Conte pra gente sua história e curta nossas postagens com dicas para ajudar em todos os momentos da sua vida.

One Response

  1. Maristela Berlin Azevedo Rogerio 1 de agosto de 2017

O que achou do artigo?

17 Exercícios para ATIVAR a Lei da Atração em sua vida, receba já:

x