Como dominar o medo e não deixá-lo dominar você

Medo. A palavra de 4 letras diz mais do que um texto inteiro. Medo da morte, medo de não viver a vida com intensidade, medo das doenças, medo da tristeza, medo de ser rejeitado, medo de ficar sozinho, medo, medo e medo.

O medo nos paralisa, nos comprime e nos cerca, atrapalhando nosso andar e nosso sentir. O medo faz com que vejamos coisas absurdas e irreais e aquilo que devemos enxergar se torna embaçado…quando ele nos domina nos derruba e faz que a gente desista de nossos sonhos mais bem arquitetados.

Mas nem sempre o medo tem um lado obscuro, as vezes ele nos dá alertas para não pisarmos em solo pedregoso. O medo também pode nos libertar de situações perigosas e desesperos eternos. Domine o medo para que você controle a forma como ele age em sua vida.

Medo racional e irracional

O medo tem dois tipos: racional e irracional. O racional é aquele de quando estamos em situações de perigo eminente, como por exemplo diante de um assalto. O medo racional nos faz sentir preocupação, dilata a pupila, nos dá sensação de tristeza e pode nos paralisar por um dado momento.

O medo racional pode nos paralisar e nos deixar apavorados, porém é uma situação real que aconteceu e que nosso organismo consegue se controlar, assim que o tempo passa se distancia da situação que motivou o pavor. O medo racional também pode ser o que desencadeia o início dos medos irracionais.  

Medo irracional é quando sentimos diante de alguma coisa não palpável e muito menos verdadeira. Sentir medo por exemplo do escuro, por associá-lo a fantasmas é um tipo de medo irracional. Existe o medo de falar diante de várias pessoas mas que pode ser considerado um medo irracional que não seja tão grave, quanto alguns tipos de fobias, como sair de casa por exemplo.

Este tipo de medo pode ser ainda mais complicado de ser amenizado e controlado, pois a mente cria imagens e situações que não estão realmente acontecendo para nos paralisar. É essencial que você procure ajuda, caso o medo irracional esteja dominando você. Ajuda terapêutica e medicamentosa, pode ser necessária para controlar os problemas do medo irracional.

Aceite que está com medo

É muito comum que diante do medo, queremos demonstrar uma grande coragem e que esse medo logo vai passar, mas o problema é que quando a coragem não dá certo, o pavor é muito maior e acabamos nos desesperando.

Aceite que está com medo e que é uma situação preocupante e não tente ser um super herói que demonstra estar acima do bem e do mal. O medo é uma ação normal do nosso organismo, diante de situações de perigo, portanto não subestime essa ação apenas por que se acha corajoso, por que ao aceitar o medo será mais fácil se controlar.

Quando o medo é bom

Vivemos em uma sociedade que reconhece o medo sempre como algo assustador e ruim, porém as vezes o medo pode nos auxiliar. O medo é um sentido normal do organismo e ele existe para nos alertar de situações de risco. Sem o medo, poderíamos estar expostos a todo tipo de situação ruim e perigosa.

O medo também nos obriga refletir se uma escolha é a correta como fazer uma viagem quando o tempo não é propício ou encarar uma situação arriscada que pode ser evitada.   

Se exponha ao medo

Encare de frente o medo que está diante de você. As vezes é preciso viver o risco ou o medo poderá se tornar algo maior e muito pior. Estar dirigindo embaixo de uma tempestade forte e numa velocidade alta, pode ser que o medo comece atacar. Nesse caso o melhor a fazer é diminuir a velocidade e até parar em algum local até que a chuva diminua.

Quando estamos diante do medo irracional a coisa pode ser um pouco mais complicada, porém é possível sair daquele momento de fragilidade. Respirar fundo, mentalizar momentos bons e parar um pouco para todo seu corpo voltar ao normal, são algumas das técnicas mais usadas para sair de situações de desespero irreal e psicológico.

As vezes medo não é tão grande quanto parece

É muito natural que em situações de medo, nós generalizamos demais a situação a ponto de olhar pra ela como algo maior do que é. Quando esse medo é irracional a sensação é muito pior, de como se aquela angústia e desespero não vá nunca sair de nosso coração. Nesses momentos procure se acalmar e olhar para o motivo do medo com racionalidade.

Se existe o medo de dirigir, só por que se envolveu em um acidente um dia, deixar de pegar em um carro por medo de tudo aquilo acontecer de novo é um pensamento irreal. Não foque no problema mas na sua capacidade de aprender com o que houve e agora está mais preparado para isso.

Se esse medo não está te dando tranquilidade e cada vez maior do que o normal, não hesite em buscar ajuda. Muitas vezes podemos estar passando um problema psicológico devido ao medo e que precisa ser controlado e cuidado para não piorar. Ajuda de psicólogos e psiquiatras, pode ser a solução.

Controlando nossos medos

Mas mesmo com ajuda de outras pessoas, nós mesmos precisamos dominar nossos medos, se quisermos ter uma vida feliz. O medo como já foi dito em um tópico anterior, também tem seu lado bom, pois pode nos fazer crescer e evitar muitas situações conflituosas.

Porém o controle dele deve ser maior, pois quantas vezes podemos ser surpreendidos com emoções apavorantes, quando na verdade não precisamos sentir toda essa preocupação e desespero? Principalmente diante de medos que nossa mente pode criar, é que precisamos evitar estagnar.

Os medos irracionais podem ser ainda piores que os reais, já que o real acontece em uma fração de segundos, enquanto o irreal permanece por dias, meses e até anos. Controle-se, supere seus temores e não olhe para o que pode te paralisar. A vida é para frente e o medo só deve ser algo que seja benéfico para sua vida.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, clicando aqui você responde um rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

O que achou do artigo?