Benefícios do Hibisco para a saúde

O chá de hibisco é preparado com o cálice do botão seco da flor chamada Hibiscus Sabdariffa, que não é o mesmo hibisco encontrado em jardins cujo nome científico é Hibiscus rosa-sinensis.

O Hibisco a que estamos nos referindo é nativo da África e, devido ao seu alto valor nutritivo e às suas propriedades antioxidantes, tem sido cada vez mais consumido por um número cada vez maior de pessoas.

A bebida possui diversas substâncias antioxidantes, como os flavonoides, especialmente as antocianinas, que possuem efeito cardioprotetor, vasodilatador e contribuem para evitar o acúmulo de gorduras.

O hibisco possui alto poder emagrecedor porque reduz a adipogênese, que é o processo de fabricação de células de gordura, os adipócitos, cujo excesso leva ao acúmulo de gordura no corpo.

No entanto, esse não é o único motivo que faz com que o chá de hibisco ajude a emagrecer. O hibisco contém um inibidor natural que impede a produção de amilase, uma enzima que transforma o amido em açúcar.

Daí ser altamente recomendável tomar o chá após as refeições, principalmente quando tiver sido ingerido muito carboidrato, pois a bebida reduz sua absorção pelo organismo, contribuindo para a perda gradual de peso.

Benefícios do chá de hibisco

Ajuda a emagrecer

Como já citado acima, o chá de hibisco reduz a adopogênese. Este processo consiste na maturação celular no qual as células pré-adipócitas se convertem em adipócitos maduros. Quanto maior a quantidade de adipócitos, maior será o volume de gordura no corpo.

Ainda não se sabe qual é a substância presente na bebida responsável pelo benefício. Porém, acredita-se que a ação antioxidante dos flavonoides antocianina e quercetina seja os responsáveis por isso.

Aumenta a eliminação de líquido

De acordo com algumas pesquisas, o chá age na aldosterona, hormônio secretado pelas suprarrenais e que regula o balanço eletrolítico do organismo, estimulando uma maior secreção de urina.

Por possuir esse efeito diurético evitar a retenção de líquidos. Um estudo publicado no Journal of Ethnopharmacology da Sociedade Internacional de Etnofarmacologia observou que o flavonoide quercetina presente na bebida é um dos nutrientes que  proporciona essa reação.

Regula o colesterol

Um estudo publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine feito com 53 pacientes portadores de diabetes concluiu que o consumo do chá de hibisco ajuda a diminuir o colesterol ruim, LDL, e aumento do colesterol bom, HDL. A bebida diminuiu o colesterol LDL em 8% e aumentou o HDL em 16,7%.

O mesmo estudo fez uma análise comparativa do chá de hibisco com o chá preto e verificou que o primeiro é mais eficaz no combate ao colesterol do que o segundo. Isso porque o preto apenas aumentou o HDL, mas diminuiu o LDL. O chá de hibisco é altamente indicada para pessoas que possuem problemas com os níveis de colesterol por ser rica em substâncias com ação antioxidante.

Regula a pressão arterial

Um estudo publicado no Journal of Nutrition concluiu que o chá de hibisco ajuda a baixar a pressão arterial. A pesquisa contou com 65 pacientes que tiveram os níveis de pressão arterial reduzidos com o consumo regular da bebida.

Os cientistas acreditam que alguns flavonoides presentes na bebida proporcionariam este benefício ao diminuir a quantidade de uma enzima que atua sobre a pressão arterial. É bom que se diga que a ação diurética do chá também ajuda a regular a pressão.

Como preparar e tomar chá de hibisco

Caso utilize a flor, tente aquecê-la o mínimo possível para que as propriedades do hibisco não se percam com o aquecimento. Separe 200 ml de água, deixe ferver, desligue o fogo e adicione 5 gramas, o equivalente a uma colher de chá rasa da flor seca. Tampe e deixe descansar por 3 a 5 minutos. Depois é só coar e consumir.

Quanto de chá devo tomar?

O recomendável é consumir de uma a duas xícaras de 200 ml de chá de hibisco por dia. Para cada xícara, deve ser utilizado de 4 a 6 gramas da flor seca, que equivale a uma colher de chá, ou dois a três pacotinhos de chá (cada sachê contém 1,5 gramas da flor).

Posso combinar o chá de hibisco com outro chá?

Pessoas que pretendem acelerar o processo de emagrecimento podem combinar o chá de hibisco com um chá termogênico. Isto porque o primeiro irá atuar impedindo que a gordura se acumule na região do abdômen e quadris enquanto o segundo irá agir aumentando o gasto de energia. Uma boa opção de bebida termogênica é o chá verde ou o mate.

Se você ainda não está familiarizado com o que pode vir a ser uma bebida termogênica, saiba que são aqueles que apresentam dificuldade em ser digeridos pelo organismo, fazendo com que ele consuma uma maior quantidade de energia para realizar a digestão.

Combate os radicais livres

Nosso organismo produz moléculas chamadas de radicais livres que, em excesso, podem danificar as células, causando envelhecimento precoce e desencadeando doenças crônicas.

Os antioxidantes como os flavonoides, ácidos orgânicos e vitamina A presentes no hibisco neutralizam o efeito dos radicais livres, evitando que “estraguem” as células e o surgimento de doenças, além de promoverem a queima de gordura.

Tem contra indicação?

Apesar de suas propriedades benéficas, o hibisco tem contra-indicações, devendo ser evitado por gestantes e lactantes, pois alguns estudos apontaram que a bebida possui ação mutagênica, ou seja, pode interferir na estrutura dos genes do bebê, trazendo problemas.

Além disso, a intoxicação por chá de hibisco é uma consequência de seu consumo excessivo, o que requer cautela por parte de quem ingere a bebida porque tudo que ingerimos precisa ser metabolizado e depois eliminado pelo fígado e rins.

Porém, quando existe a presença  em excesso de determinadas substâncias, o organismo não consegue processar tudo o que foi consumido, ocorrendo a intoxicação.

Onde encontrar?

O extrato seco da flor de hibisco pode ser encontrado em lojas de produtos naturais. Prefira sempre a versão natural e evite o chá pronto ou em pó, que já vem adoçado e podem distanciá-lo do seu objetivo de perder medidas.

O que achou do artigo?