As pessoas a sua volta te fazem feliz?

O que é Felicidade? Segundo o dicionário Aurélio: Felicidade é o concurso de circunstâncias que causam ventura; Estado da pessoa feliz; Sorte; Ventura; Bom êxito; A Felicidade Eterna; a Bem Aventurança.

Felicidade é mais do que sentir alegria, pois quando estamos alegres, apenas sentimos algo temporário, mas a felicidade vai além disso, pois se refere a algo muito mais intimo e intenso, é um estado de espírito de estar sempre satisfeito com a vida, ainda que as circunstâncias digam o contrário.

Mas você pode dizer que é feliz? Quem está a sua volta, te faz feliz? Quais atitudes te mostram que as pessoas te querem bem? Neste artigo, vamos lhe fazer algumas perguntas que você deve refletir e responder pra você mesmo com sinceridade, chegando a conclusão se as pessoas que estão próximas de você te fazem feliz de verdade.

Você é admirado por aquilo que tem ou por aquilo que é?

Muitas pessoas admiram outras por aquilo que elas possuem: seja uma casa legal, um carro recém lançado, por que paga todas as refeições e lhes dão presentes ou por que é uma companhia ótima para manter por perto e até ostentar a amizade… mas o que é importante realmente é se admiram por aquilo que a pessoa é em sua essência, pois é isso que faz dela alguém especial.

Se você tem percebido que sua amizade tem se limitado a pessoas que mais querem sugar o máximo de você mas não se importam de te ouvir ou te valorizar, então é hora de abrir mão dessas pessoas, pois em um primeiro fracasso seu, elas não vão pensar duas vezes em te abandonar. Esteja atento a esses sinais e se afaste, antes de se decepcionar com essas pessoas.

Você tem verdadeiros amigos?

Na hora da dor, do choro e do fracasso, quem está lá pra secar suas lágrimas? Quem vem para te dar o ombro e te dizer “pode contar comigo”? Confúcio, célebre filósofo chinês disse certa feita: “Para conhecermos os amigos, é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso verificamos a quantidade e na desgraça a qualidade.”

Analisar quem são seus verdadeiros amigos não é uma das tarefas mais fáceis, pois as vezes as pessoas que mais julgamos ser nossos parceiros de vida, são justamente quem nos trai e nos decepcionam.

Observe como as pessoas que estão ao seu redor e se dizem amigos agem, principalmente quando você mais precisa. Não existe melhor momento para enxergar um verdadeiro amigo, que não seja em meio as adversidades.

Ele(a) te diz eu te amo. Você acredita nisso?

Nas relações humanas, não existe relacionamento mais complexo do que o romântico. Em geral, a paixão nos arrebata e com o tempo investido em um envolvimento amoroso, pode se tornar em amor, levando a relações duradouras e felizes.

O problema está em muitas vezes, insistirmos em relacionamentos que não evoluíram para o amor e as vezes, a imaturidade e falta de respeito, podem colocar fim a muitas relações promissoras.

Ouvir um eu te amo é algo mágico e inspirador, que nos dá uma satisfação e confiança de estarmos com alguém que nos quer bem.

Mas até onde esse “eu te amo” é real? Muitas paixões podem ser confundidas com amor e não são poucas as vezes que podemos falar coisas do coração e que ele não sente.

Quando ouvir um “eu te amo”, observe se o que você sente é real a esse ponto e se o que aquela pessoa diz sentir é verdadeiro. Muitas pessoas “pisam na bola” inúmeras vezes e continuam prometendo um amor inexistente em seus corações. Tenha certeza que o amor é recíproco.

As atitudes delas te deixam feliz?

“Atitudes falam mais do que palavras”, diz a sabedoria popular. Esse ditado é realmente verdadeiro, principalmente quando nos deparamos com pessoas que ao invés de demonstrar afeto, só sabem que ele existe em suas palavras.

Seja amigos ou namorados(a), veja como as pessoas tratam você. Elas se importam com o que você gosta ou só o gosto deles é importante? Quando você precisa de ajuda, você pode contar com eles? Quando precisa de um conselho e até uma crítica, são palavras edificantes ou grosserias em forma de “dizer a verdade”? Analise se vale a pena manter relacionamentos que não te ajudam a progredir em nada.

Você se sente sozinho em meio a multidão?

Não existe coisa pior do que estar em uma festa por exemplo, e perceber todo mundo se divertindo e você como um peixe fora d´água, totalmente alheio àquilo tudo. Pior ainda, é fazer parte de um círculo de amigos, onde os assuntos discutidos em nada te ajudam, te fazem refletir e crescer ou até te humilhem ou sejam muito chatos.

Se você tem se sentido mais sozinho ultimamente do que junto ou tem sido de alguma forma excluído aos poucos do grupo de amigos e familiares, comece a avaliar se é válido continuar andando com essas pessoas. Se afaste e procure outros amigos, que tenham a mesma linguagem que você, que haja uma identificação e se sinta querido.

Isso vale também para relacionamentos amorosos, onde é possível manter um casamento por exemplo, mas sempre se sentir sozinho(a), andando para todo lado só ou com outras pessoas ou quando está com o cônjuge, não se sente conectado com ele. Não insista em relacionamentos tóxicos!

Valorize-se! Se ame!

O ponto central desse artigo é esse: se ame! Se apaixone por você e valorize-se! Pare de dar uma atenção absurda para pessoas e coisas, que não te veem com um olhar de sincero interesse e admiração… apenas um olhar em busca de privilégios e benefícios que sua posição, conhecimento ou dinheiro podem oferecer. Comece a ter mais amor próprio e não deixe que a tristeza te faça desanimar.

E saiba que não é fácil começar do zero novamente. Perceber que relacionamentos ruins não são exatamente aquilo que você desejava e ter que sair deles, não é das tarefas mais simples do mundo, porém é necessário para que novos amigos e amores se aproximem e que estes sejam realmente, aqueles que devem ficar e somar em sua vida.

O que achou de nossas dicas para ser mais feliz com as outras pessoas? Confira nossos posts, sempre com reflexões valiosas para sua vida.

Eu, Catarina, sempre indico aos meus leitores o livro de um grande amigo meu, chamado Nicholas Johnson. Caso você não o conheça, você logo saberá mais sobre ele. Como a maioria dos temas que escrevo se trata da Lei da Atração, o livro também entra nesse tema.

Nicholas escreveu um livro muito completo, com exercícios e conhecimentos poderosos e nunca antes mostrados sobre a poderosa Lei da Atração e os benefícios que ela trás para nossas vidas.

Como eu sempre indico para meus leitores, dessa vez não farei diferente. Caso queira começar a praticar tudo que ele ensina e aprender a fazer o universo conspirar a seu favor, responda este rápido quiz, dessa forma eu saberei se você realmente quer descobrir os ensinamentos poderosos de Nicholas Johnson.

One Response

  1. Daiene Soares da Silva 5 de agosto de 2017

O que achou do artigo?