7 Benefícios da chia para a sua saúde

Apesar de não ser muito conhecida, as sementes de chia, branca ou escuras já eram um dos principais ingredientes nas dietas dos povos maias e astecas.

No entanto, a sociedade moderna vem pouco a pouco redescobrindo os valores nutricionais para a saúde desse poderoso grão, transformando-a em um superalimento ideal para ser consumido com sucos e iogurtes.

Por conter elevadas doses de ômega 3, essas sementes são um poderoso antioxidante, cuja função no organismo é atacar e impedir a ação destrutiva dos radicais livres sobre as células, impedindo sua danificação.

Além de tudo isso, a chia também possui nutrientes como ácidos graxos, fibras, proteínas, cálcio, manganês, magnésio, fósforo e ferro.

Contêm uma boa quantidade de zinco, vitamina B3 (Niacina), potássio, vitamina B1 (tiamina) e vitamina B2.

 Por ser um alimento integral, e naturalmente livre de glúten.

Inclua este superalimento em sua dieta espalhando as sementes sobre saladas e aperitivos, ou adicione sementes brancas em sucos, mingaus, sopas, pudins ou assados.

Especialistas em saúde recomendam comer 20 gramas ou aproximadamente uma colher e meia de sopa de sementes de chia duas vezes por dia.

Quer conhecer outros benefícios da chia?

  1. Excelente para a digestão

A alta quantidade de fibras solúveis (solúveis e insolúveis) em sementes de chia ajuda a regular o intestino, melhorando o trânsito intestinal. A fibra insolúvel ajuda a transportar o bolo alimentar pelo sistema digestivo. A fibra solúvel mantém o cólon hidratado, facilitando a digestão.

Além disso, as sementes de chia promovem a desintoxicação do organismo, expulsando aquelas toxinas nocivas do corpo. Estas sementes também ajudam a prevenir a diverticulose e diverticulite.

Adquira o hábito de consumir chia diariamente, adicionando uma colher de sopa de sementes de chia em um copo de água morna. Beba essa mistura de uma a duas vezes ao dia para manter seu sistema digestivo saudável.

  1. Bom para a anemia

A anemia, que na maioria das vezes é causada pela deficiência de ferro no organismo, é uma doença que reduz a capacidade do corpo de produzir glóbulos vermelhos saudáveis suficientes para transportar o oxigênio adequado para os tecidos, causando fadiga dentre outros problemas.

O que pouca gente sabe é que esse problema pode ser tratado com sementes de chia, as quais possuem alta dose de ferro.

Comer duas colheres de sopa de sementes de chia fortalece seu corpo com 2,2 mg de ferro, ou 12 por cento da dose diária recomendada.

Outra opção é fazer um suco para combater a anemia com 2 xícaras de espinafre,  2 beterrabas, 1 banana, 1 colher de sopa de sementes de chia e 1 abacate.

Misture bem todos os ingredientes e beba de uma a duas vezes ao dia.

  1. Fonte de energia

Sementes de Chia são ricas em proteínas. O estrôncio presentes nestas sementes ajuda a assimilar a proteína, produzindo energia ao corpo.

Ademais, o trabalho sincronizado entre todos os nutrientes que compõem essa semente ajuda a manter os níveis de energia corporais estáveis além de acelerar o metabolismo, promovendo uma maior queima de calorias.

De acordo com um estudo realizado em 2011 publicado no diário de força e condicionamento, a ingestão de sementes de chia confere a uma pessoa a mesma carga de energia fornecida para se exercitar por 90 minutos que uma bebida com alta teor de açúcar como sucos industrializados, daria e tudo isso sem causar os efeitos colaterais do açúcar, cujo consumo frequente causa depósito de gorduras extras no corpo.

  1. Mantém reguladas as taxas de açúcar do sangue

De acordo com um estudo de 2009 publicado no Jornal Britânico de Nutrição, sementes de chia podem normalizar a resistência à insulina.

A presença de um conjunto de proteínas de boa qualidade presente nesse grão ajuda o organismo a digerir mais facilmente os carboidratos complexos, diminuindo as taxas de açúcar no sangue. Isso evita picos de insulina, que podem ser letais para os diabéticos.

Além disso, as sementes de chia podem ajudar a reduzir a gordura e colesterol no sangue, reduzindo o risco de problemas cardiovasculares.

  1. Tira o apetite

Chia é um ótimo alimento para aqueles que estão querendo perder peso. Por ser rica em fibras,as sementes de chia se transforma em gel quando entram em contato com a à água, aumentando de tamanho e peso. Isso ajuda a manter o estômago cheio, dando aquela sensação de saciedade, o que fará com que a pessoa coma menos.

É bom ressaltar que não são apenas as fibras solúveis que inibem a fome, proteína presente na semente também promove o mesmo resultado.

As proteínas e ácidos graxos essenciais nas sementes estimulam a atividade metabólica, “destruindo” os depósitos de gordura do corporal,deixando seu corpo com mais massa magra. Não é o máximo.

Então comece a comer chia já! Polvilhe as sementes de chia em suas saladas, sopas, iogurte, sucos ou qualquer suco vegetal ou misto.

  1. Melhora transtornos de humor

De acordo com pesquisa feita em 2010 na Universidade McGill, em Montreal, ácidos graxos ômega-3 ajudam a tratar a depressão e outros transtornos do humor.

Como as sementes de chia contêm altas doses desse ácido tão especial, devem ser incluídos na dieta de quem sofre de depressão, transtorno bipolar, TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade), ansiedade estresse e outros tipos de humor e distúrbios comportamentais.

As sementes de chia também auxiliam a manter a boa saúde mental e a nutrir o cérebro, gerando uma sensação de calma e foco.

As vitaminas do complexo B presentes na chia ajudam o sistema nervoso a trabalhar de forma mais eficiente.

  1. Previne a osteoporose

Sementes de chia são ricas em cálcio e vários outros nutrientes como proteína, magnésio e fósforo que impedem a fragilização óssea, reduzindo os riscos de osteoporose. Além disso, o omega-3, ácidos graxos essenciais presentes nestas sementes, ajudam a aumentar a densidade mineral dos ossos.

Sementes de chia podem ajudar a tratar dores articulares, inflamações, artrite e outros problemas de saúde relacionados com o osso. Elas também auxiliam a manter os dentes fortes e saudáveis.

Comer chia é comer saúde!

O que achou do artigo?